Ensaio Retrô com a Voyeur Studio


Há algum tempo eu e meu namorado tivemos o prazer de fazer algumas fotos de temática retrô com os fotógrafos e amigos por trás da Voyeur Studio - uma dupla fantástica, super atensiosa com um olhar apurado para a fotografia. 

O dia em que fizemos essas fotos andamos pelas ruas de Porto Alegre procurando alguns ambientes que combinassem com o conceito, como a Casa de Cultura e algumas construções mais antigas. Vou compartilhar algumas fotos do ensaio com vocês. 









A experiência foi fantástica e eu não vejo a hora de poder repeti-la. Gostei muito das fotos e foi ótimo poder eternizar momentos assim. 

A Voyeur Studio está disponível para quem deseja agendar um ensaio, e é possível entrar em contato através da fanpage e do instagram, além de conferir outros ensaios realizados pela dupla nas redes sociais da Voyeur. 

Meus Filmes Mudos Preferidos


Cinema é um dos meus maiores amores e poucas coisas me deixam tão feliz quanto assistir um bom filme (se for acompanhado de alguma comidinha gostosa então, melhor ainda). Há alguns anos descobri meu amor por cinema antigo (principalmente old hollywood) e posteriormente decidi me aventurar pelo incrível mundo do cinema mudo, em filmes feitos antes dos anos 1930. Logo no início a experiência foi confusa - é óbvio que filmes mudos são muito diferentes do nosso cinema contemporâneo, mas foi também um grande caso de amor. 

Pra começar a desbravar esse fabuloso mundo, é bom ter em mente algumas coisas: o cinema mudo (ou o cinema antigo, como um todo) difere bastante do contemporâneo, e isso é ótimo. Assistir esses filmes é uma experiência muito enriquecedora. Os efeitos especiais podem parecer risíveis em alguns, surpreender em tantos outros, mas é sempre válido assistir de cabeça aberta, aproveitar a viagem no tempo e aprender mais sobre outras épocas de uma forma tão divertida. Inclusive recomendo ler o post Guia prático para assistir filmes mudos, do blog Vintage e Geek, que certamente auxilia nesse processo e ainda atiça muito a curiosidade sobre algumas dessas obras.

Por isso hoje resolvi trazer essa listinha com meus 10 filmes mudos favoritos - e acho que o subtítulo desse post poderia ser também cinema mudo além de Charles Chaplin, pois, apesar de gostar dos filmes dele também, nenhum figura nesse meu Top 10. 

10. Diário de uma Garota Perdida (1929)
(drama)


Thymian é uma jovem e bela garota, que literalmente não vive um "conto de fadas". Sua governanta, Elizabeth, é despedida grávida, e logo depois encontrada morta por afogamento. No mesmo dia que soube da tragédia, seu pai contrata uma nova governanta, Meta. Meinert, um farmacêutico oportunista engravida Thymian. Quando ela recusa o casamento, o bebê é afastado, e Thymian é colocada em um rígido reformatório para meninas. A partir destes fatos, sua vida se transforma num pesadelo sem fim, com muitas reviravoltas, entre garota de bordel a uma respeitada Condessa.


Diário de uma Garota Perdida é um fantástico filme mudo super ousado e a frente de seu tempo, e é ótimo assisti-lo para compreender a visão que a sociedade da época tinha sobre o papel da mulher e principalmente, sobre mães solteiras. É um filme que diz muito nas entrelinhas e as atuações são fantásticas, extremamente expressivas e ainda tem uma ótima trilha sonora. Ótimo pra quem gosta de dramas densos. Para fazer o download clique aqui

9. O Gabinete do Dr. Caligari (1920)
(terror)


Num pequeno vilarejo da fronteira holandesa, um misterioso hipnotizador, Dr. Caligari, chega acompanhado do sonâmbulo Cesare que, supostamente, estaria adormecido por 23 anos. À noite, Cesare perambula pela cidade, concretizando as previsões funestas do seu mestre, o Dr. Caligari


Filmes mudos de terror são os que mais me encantam, seguidos de pertinho pelas comédias (e comédias românticas). Incrível como a sensação de terror é criada de forma tão arrebatadora nesses filmes. O Gabinete do Dr. Caligari é o primeiro clássico de terror da história do cinema e é incrível como pode ser tão aterrorizante, empolgante e envolvente mesmo sendo de quase 100 anos atrás. É uma verdadeira obra-prima e um presente para todos que gostam de terror. Para assistir online clique aqui

8. Girl Shy (1924)
(comédia, romance)


O tímido Harold Meadows é um solteiro que trabalha em uma alfaiataria. Ele está escrevendo um guia para outros jovens tímidos, "O Segredo do Amor". Harold se apaixona por Mary, uma jovem comprometida com um homem casado e resolve impedir o romance.


Harold Lloyd é mestre em comédias mudas bobinhas e super divertidas. Girl Shy é minha favorita dele, tem um enredo super envolvente e diversas cenas engraçadíssimas. Claro que é um filme bem datado e com momentos bem machistas, mas não dá pra julgar filmes antigos como se fossem do nosso século. No mais, esse cumpre muito bem o papel de divertir e eu recomendo fortemente para quem gosta de comédias românticas. Para assistir online clique aqui

7. A Carruagem Fantasma (1921)
(drama, terror)


Suécia, véspera de Ano Novo. Três bêbados evocam uma lenda que afirma que se a última pessoa a morrer no ano for uma grande pecadora, ela irá guiar a carruagem fantasma que recolhe as almas dos mortos. O filme aborda vários acontecimentos nessa mesma noite.


Outro grande clássico de terror, A Carruagem Fantasma é um filme surpreendente, difícil assisti-lo e acreditar que tenha sido feito na década de 1920. Os efeitos especiais são grandiosos para a época, a narrativa é diferente de qualquer outra obra e a complexidade da narrativa, das mudanças de tons na fotografia mostram que foi pensado em todos os mínimos detalhes. A trilha sonora também é muito interessante (e essa parte é muito importante em filmes mudos). Ainda tem uma cena fantástica que inspirou o filme O Iluminado. Para assistir online clique aqui

6. O Fantasma da Ópera (1925)
(terror)


Adaptação para o cinema muda do romance de Gaston Leroux. Erik, um compositor desfigurado em seu rosto, que vive nos subsolos de um grande teatro em Paris, apaixona-se por uma jovem cantora de ópera, e a convence a desistir de seu par, sequestrando-a em seus aposentos.


Provavelmente o mais controverso dessa listinha, já que muita gente não gosta dessa versão de O Fantasma da Ópera, mas eu particularmente adoro. É um filme cheio de delicadeza e sensibilidade, com frases marcantes e a sequência de cenas finais é minha preferida entre todos os filmes mudos que já assisti. Um terror trágico com boas doses de drama. Para assistir online clique aqui

5. Metrópolis (1927)
(drama, ficção científica, romance)


O ano é 2026, a população mundial se divide em duas classes: a elite dominante e a classe operaria; esta condenada desde a infância a habitar os subsolos, escravos das monstruosas máquinas que controlam a metrópolis. Quando o filho do criador de Metrópolis se apaixona por Maria, a líder dos operários, tem inicio a mais simbólica luta de classe já registrada pelo cinema.


Metrópolis, assim como A Carruagem Fantasma, surpreende pelos efeitos especiais absurdos para a época e todo o rigor técnico, mas é claro que vai bem além disso. A trama de ficção científica distópica é atemporal e retrata temáticas pertinentes até hoje, repleto de críticas sociais. É um filme longo, de quase três horas de duração, mas cada minuto vale a pena porque é realmente incrível. Para assistir online clique aqui

4. Nossa Hospitalidade (1923)
(comédia)


Na viagem de volta para sua cidade natal, Willie McKay se apaixona pela jovem Virginia, sem saber que ela é de uma família inimiga da sua, os Canfield. Como em sua terra a hospitalidade é um valor muito prezado, ele decide se instalar na casa dos Canfield, que se vêem obrigados a tratá-lo da melhor forma.


Buster Keaton é um mestre do cinema mudo, que infelizmente não tem o mesmo reconhecimento que seu colega Charles Chaplin. Buster Keaton provavelmente é um dos maiores motivos de eu ter persistido nos filmes mudos e me apaixonado por eles - e recomendo as obras protagonizadas por ele para todos, são realmente incríveis. Nossa Hospitalidade é uma comédia adorável, super singela e com a inocência que só as comédias mudas tem. Tem personagens carismáticos e uma mensagem bonita de pano de fundo. Para assistir online clique aqui

4. O Homem que Ri (1928)
(drama, romance, suspense, terror)


Herdeiro de um ducado, Gwynplaine é seqüestrado quando garoto e, por ordem do rei, desfigurado - ele fica com o rosto esculpido num perpétuo sorriso macabro. Quando cresce, acaba virando atração de circo como palhaço. Esse é o início da saga do herói de aparência assustadora, mas de uma humanidade comovente. Baseado na obra do escritor francês Victor Hugo.


O Homem que Ri foi um dos primeiros filmes mudos que vi por vontade própria (com exceção do fantástico Nosferatu e dos filmes do Charles Chaplin que vi obrigada na escola, huahua) e ele me marcou bastante. É uma obra muito sensível e emocionante, de assistir com uma caixinha de lenços do lado. Quando assisti me lembrou do filme O Homem Elefante, acredito que ambos tenham algumas semelhanças. Tem frases bonitas e cenas lindíssimas. Para assistir online clique aqui

2. Sete Oportunidades (1925)
(comédia, romance)


Passando por muitas dificuldades financeiras, Jimmie fica sabendo que seu avô lhe deixou uma herança de sete milhões de dólares. Mas, para receber o dinheiro, ele terá que se casar até as 19h do dia do seu 27º aniversário.


Um dos primeiros filmes do Buster Keaton que assisti e que permanece como um dos meus favoritos, Sete Oportunidades é extremamente engraçado e envolvente e é uma das minhas dicas para quem quer assistir o primeiro filme mudo: impossível não morrer de amores por ele. Tem sequências de perseguição que se tornaram sua marca registrada no cinema e tem toda uma história fofinha e divertida. É delicioso de assistir! Para fazer o download clique aqui

1. Nosferatu (1922)
(terror)


Hutter, agente imobiliário, viaja até os Montes Cárpatos para vender um castelo no Mar Báltico cujo proprietário é o excêntrico conde Graf Orlock, que na verdade é um milenar vampiro que, buscando poder, se muda para Bremen, Alemanha, espalhando o terror na região. Curiosamente quem pode reverter esta situação é Ellen, a esposa de Hutter, pois Orlock, está atraído por ela.


Óbvio que meu favorito não podia ser outro, né? Sou apaixonada pelo Nosferatu (tanto esse filme quanto a versão dos anos 70) e aqui tudo casa perfeitamente: quem gosta de filmes de terror e/ou a temática dos vampiros precisa assistir esse clássico. Filme denso com uma trilha sonora deliciosa e uma atmosfera de terror de causar inveja em qualquer filme atual. Um clássico absoluto <3 Para assistir online clique aqui


Foi difícil selecionar só dez filmes, porque o cinema mudo tem muitas outras preciosidades, mas no geral qualquer obra do Buster Keaton já me ganha - ele ao lado de Charles Chaplin e Harold Lloyd formam um grande trio do cinema antigo. Aliás, a imagem que abre o post é do filme O Vaqueiro, um dos meus favoritos também. 

A maior parte dos filmes citados nesse post se encontra legendado no Youtube, por já serem considerados de Domínio Público. Embora grande parte das obras dessa época terem sido perdidas, ainda dá pra encontrar com facilidade na internet muitos bons filmes mudos. 

E vocês, o que pensam sobre o assunto? Gostam de filmes mudos ou passam? Tem algum pra me indicar? Me contem nos comentários <3

Filmes da Semana: racismo, cinema pré-code e romance asiático


Os filmes dessa semana são bem variados e mais atuais do que clássicos - mas sempre há nossa parcela de clássicos por aqui. 

1. Um Deslize Perigoso (2015)
(comédia, drama, policial)


Malcolm é um nerd que leva a vida em um bairro violento em Los Angeles enquanto se desdobra nas admissões das faculdades, entrevistas acadêmicas e provas de conhecimento. Malcolm recebe um convite para ir em uma festa underground que o leva em uma aventura, permitindo que ele se transforme de nerd à narcótico, para, finalmente, ser ele mesmo.


Um dos melhores filmes que assisti recentemente, Um Deslize Perigoso consegue ser divertido, fugir dos clichês de filmes sobre adolescência e ainda ser didático em sua mensagem anti-racista. Retrata a fuga de estereótipos raciais, a busca pela oportunidade de melhorar de vida e tudo isso de um jeitinho bem indie e gostosinho de assistir. Fotografia linda, personagens fantásticos e ótimas críticas sociais. Para assistir online clique aqui.  

2. A Mulher Parisiense dos Cabelos de Fogo (1932)
(comédia, romance)


Lil trabalha para a Legendre Company e faz com que Bill, seu chefe, divorcie-se de sua mulher Irene e case-se com ela, forçando a sociedade a prestar atenção nela.


Filme feito antes do estreitamento da censura sobre o cinema (em 1934), que apesar de ter tido várias cenas cortadas, ainda é extremamente ousado para a época, tendo um forte apelo erótico. Ótimas atuações numa trama que prende a atenção do início ao fim. Para fazer o download clique aqui

3. Esteros (2017)
(drama)


Matias e Jeronimo são dois grandes amigos que cresceram juntos em Paso de Los Libres, uma região simples e folclórica da Argentina. Durante a adolescência, surge uma inesperada atração sexual entre eles, que viveram os sentimentos com curiosidade. Mas a vida acabou separando seus destinos, que ficaram anos sem se ver. Após tanto tempo, eles lidam de maneiras totalmente distintas com as lembranças do passado. Mas, quando os dois se reencontram, o sentimento renascerá e se confrontará com todos os tipos de conflitos morais.


Filme argentino muito parecido com o nosso Beira-Mar: ritmo lento, história que vai se desenvolvendo aos poucos e um romance gay fofinho e tranquilo. Esteros ainda tem o adendo de retratar a história de dois amigos de infância separados pela vida e reunidos novamente pelo acaso. Super agradável de assistir, obra delicada e sensível. Para fazer o download clique aqui

4. Boulevard do Crime (1945)
(drama, romance)


Ambientado no início do século 19, o filme mostra o mal fadado romance do mímico Baptiste com a bela atriz Garance, no Boulevard de Templiers, em Paris, por onde circulam ladrões, golpistas e assassinos.


Um clássico do cinema francês, Boulevard do Crime faz uma impecável homenagem ao teatro ao retratá-lo de forma tão fascinante nas telas. As atuações são ótimas, os diálogos são incríveis e é meio difícil transcrever em palavras a grandiosidade dessa obra: são quase três horas e meia de duração que parecem passar rapidinho, tão absortos pelo filme que somos. Para fazer o download clique aqui

5. My Rainy Days (2009)
(drama, romance)


Com 17 anos e estudante do ensino médio, Rio é sempre o centro das atenções devido à sua beleza. No entanto, Rio nunca se preocupou com ninguém, mas isso devido a seu passado traumático. Seus amigos e namorados existem apenas para que ela possa utilizá-los para seu ganho. Rio só está interessada em dinheiro. Então um dia ela conhece o professor universitário Kouki e se apaixona pela primeira vez. Rio se sente confusa com sua mudança emocional e manifesta o seu amor a Kouki honestamente. Embora Kouki se interessa por Rio há uma razão que ele não pode prosseguir o relacionamento.


Eu adoro assistir romances asiáticos para relaxar - geralmente essas obras são tão fáceis de gostar. My Rainy Days tem vários clichês de filmes românticos e personagens bastante caricatos, mas mesmo assim consegue envolver o espectador. É super fofinho, sensível e o romance é demonstrado por pequenos gestos cheios de significado. Para assistir online clique aqui


Espero que vocês tenham gostado das indicações: me contem nos comentários se já assistiram algum. <3

OOTD: Saia Midi Estampada


O título desse outfit é quase redundante, já que ultimamente quase todas as minhas produções tem saia midi estampada, hahaha. Não sei porquê, mas sempre preferi as estampas na parte de baixo do corpo, e isso me rendeu um guarda-roupa com muitas blusinhas básicas e saias estampadinhas. Essa em tons terrosos é uma graça - super confortável, leve, com bolsos e elástico na cintura (é da Zaful!). Combinei com uma regata básica e sapatilha e tá pronto: um look bem básico que passeia pelo retrô e pelo moderno. 







Regata: Hering | Saia: Zaful | Óculos: Zaful



Esse óculos oval tem uma cara tão sessentinha que eu não pude resistir à ele. A sapatilha de verniz nunca havia aparecido por aqui, e eu paguei exatos dez reais por ela numa feira de calçados, hahah. 

Não tenho tido muito ânimo pra me vestir ou fotografar os looks nesse calorão infernal (dá até pra ver meu bronze nessas fotos, né? hahaha) mas espero melhorar um pouco nisso. Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, me contem nos comentários o que acharam <3