Filmes Assistidos Recentemente


Hoje tem filmes para todos os gostos: desde dramas densos, passando por um ótimo terror até filme trash. Espero que vocês gostem das indicações e consigam assistir algum <3

1. A Floresta dos Lamentos (2007)
(drama)


Shigeki vive feliz num pequeno asilo nas montanhas. Machiko, uma das funcionárias do local, cuida especialmente dele. Ela, por sua vez, carrega em segredo, a angústia da perda de um filho. No aniversário de Shigeki, Machiko decide levá-lo para um passeio. Quando o carro em que viajam fica preso num atoleiro, Shigeki se mete no meio da floresta e Machiko é obrigada a segui-lo.


A Floresta dos Lamentos é um filme de uma beleza ímpar, extremamente sensível, delicado e poético. Um filme sobre dores e perdas, com metáforas interessantes e a natureza como coadjuvante. Tem uma fotografia estonteante de tão linda e apesar de ser bastante silencioso e sem grandes reviravoltas, consegue ser instigante e captar a atenção. Para fazer o download clique aqui

2. O Vampiro da Noite (1958)
(terror)


Jonnathan Harker morre aparentemente vítima de um vampiro. Ao investigar a misteriosa morte do amigo, Van Helsing encontra um diário que incrimina o Conde Drácula. Mas Lucy, a prometida de Harker, também foi atacada por um vampiro. O irmão e a cunhada da moça se unem a Van Helsing para capturar a sanguinária criatura.


Mais uma adaptação de Drácula, de Bram Stoker - conheci essa aqui há pouco tempo e gostei bastante, apesar de não ser minha adaptação preferida. O filme é um grande clássico do terror e é fantástico para quem gosta do gênero - as atuações são ótimas e o filme prende muito a atenção. Tem uma trilha sonora fantástica, que combina perfeitamente com o filme. Para fazer o download clique aqui

3. Na Solidão da Noite (1945)
(mistério, terror, thriller)


Um arquiteto sofre constantemente com pesadelos horríveis e é convidado a passar um fim de semana numa casa de campo, onde os proprietários pretendem fazer umas reformas. Ao chegar, ele se surpreende ao encontrar exatamente as mesmas pessoas que participam de seus pesadelos. Elas, que nunca haviam visto o arquiteto antes, passam então a narrar casos fantásticos que viveram.


Esse filme é um deleite pra quem gosta de terror: um clássico absolutamente assustador, onde pequenos contos se conectam à história principal (um dos contos, inclusive, dirigido por um brasileiro) e tratam de temáticas diferentes sempre com um pano de fundo macabro. A sensação de medo aqui é bem real, o ritmo do filme é um pouco lento no início mas vai crescendo conforme seu desenvolvimento e culmina num fim espetacular. Recomendo fortemente :) Para assistir online clique aqui.

4. Síndromes e um Século (2006)
(drama)


A primeira parte se passa numa clínica rural da Tailândia. Depois de atender um velho monge budista, a Doutora Toey entrevista Nohng, um médico que começa a trabalhar com ela. Na sala de odontologia, o Doutor Ple conversa com um jovem monge que queria ser DJ. Eles falam de vidas passadas e do amor. A segunda parte acontece num moderno hospital de Bangcoc. Toey volta a entrevistar Nohng... Nas duas partes, as espelhadas narrativas, no passado e no presente, repetem-se. Rotinas que se manifestam na memória e nas sensações de felicidade, despertadas por coisas aparentemente insignificantes.


O cinema asiático contemporâneo tem fisgado minha atenção nos últimos tempos, com suas produções dramáticas, sensíveis e bonitas, que fogem completamente aos excessos hollywoodianos. Síndromes e um Século dialoga sobre a modernidade ao mesmo passo em que demonstra que algumas coisas são imutáveis - é um filme super bonito, que traz vários questionamentos e aponta para as diferenças entre urbano/rural e passado/presente. Para fazer o download clique aqui

5. A Mosca (1958)
(drama, ficção científica, mistério, terror)


Cientista sofre um terrível acidente quando tenta usar seu novo invento - uma revolucionária máquina de teletransporte. Sem perceber, entra na máquina um inseto cujo DNA será transferido para o cientista - que logo irá se transformar numa mosca. 


A louca dos sci-fis trash ataca novamente! A Mosca é um clássico que recebeu duas continuações (uma em 1959 e a outra em 1965) e ainda um remake de 1986 - o original pode não ter efeitos especiais grandiosos (eles na verdade são bem toscos mesmo) mas a história em si é surpreendentemente convincente e instigante. Tem bons diálogos, cenas bizarras e um final aterrorizante. Enfim, pra quem gosta de ficção científica vale totalmente a pena. Para fazer o download clique aqui


E então, o que acharam dos indicados de hoje? Já assistiram algum? Me contem nos comentários <3

OOTD: Camisa Verde e Saia de Poás


Ei gente! O outfit de hoje tem duas peças que ainda não haviam aparecido aqui no blog: a camisa verde da Rosegal (a loja atualmente está com promoções nos vestidos pretos, só clicar em black high low dress) e a saia de poás da She In. A saia chegou recentemente, e mesmo já tendo um modelo de bolinhas (esse aqui!) senti que essa não ficaria sem uso - além de ter o modelo diferente (essa é godê e a outra evasê), o comprimento é um pouquinho mais curto, a estampa bem maior e tem bolsos (amo saias com bolsos), e ah, poás é minha estampa preferida mesmo, já estou conformada com boa parte das minhas peças assim hahaha 

A camisa verde já tenho há algum tempo mas foi a primeira vez em que a usei: achei o modelo lindíssimo, remete bastante aos anos quarenta, mas não estou muito acostumada a usar cores. 









Camisa: Rosegal | Saia: She In 

Pra variar um pouco, usei o batom Roots Rock da Vult (resenha aqui), um cinza chumbo metalizado. O esmalte é da Alergoshop. 

Espero que vocês tenham gostado do post, me contem nos comentários o que acharam do outfit <3

Filmes Assistidos Recentemente


Hoje tenho cinco ótimos filmes para indicar pra vocês - passeando por diversas épocas e gêneros. Espero que gostem tanto quanto eu :)

1. Ensaio de um Crime (1955)
(comédia, drama, policial)


Archibaldo é presenteado na infância com uma caixinha de música que pretensamente lhe daria poderes para eliminar seus inimigos. Coincidentemente assiste à morte de sua ama enquanto testa os poderes da caixa e atribui o feito aos poderes desta. Adulto, marcado pelo episódio, confessa ao chefe de polícia seus crimes, apresentando-se como serial killer.


Um grande clássico mexicano, Ensaio de um Crime é um filme de humor sarcástico, irônico e bastante crítico, que explora a psique humana, critica o egocentrismo burguês e é repleto de reviravoltas fantásticas. É uma grande experiência assisti-lo, e é um desses filmes que termina com a sensação de que não captamos todos os detalhes da obra, de tão rico que é. É um filme bastante idolatrado por diretores atuais, como Almodóvar, que inclusive o cita em Carne Trêmula. Vale a pena conferir! Para fazer o download clique aqui

2. Invasão Zumbi (2016)
(ação, terror, thriller)


Sok-woo e sua filha Soo-ahn embarcam no Expresso KTX, um trem rápido que os levará de Seul para Busan. Mas, durante a viagem, o trem é invadido por zumbis, que matam vários tripulantes e outras pessoas. E enquanto o KTX está indo em direção a Busan, os passageiros têm que lutar por suas vidas contra os zumbis


A temática zumbis está um pouco saturada no cinema, mas o coreano Invasão Zumbi consegue surpreender mesmo tendo diversos clichês de filmes do gênero. Tem um misto fantástico de ação, suspense e drama, com personagens verossímeis e uma trama que emociona em diversos momentos. É um desses filmes que mostram que, apesar de tudo, o ser humano consegue ser pior do que os monstros da ficção. Para assistir online clique aqui

3. Tara Maldita (1956)
(drama, mistério, terror)


Garota de oito anos é a maldade em pessoa, além de egoísta e mentirosa. Somente a mãe sabe a verdade sobre essa terrível criança. Rhoda, de rosto angelical, é capaz de elaborar planos diabólicos para conseguir tudo que deseja, uma sociopata mirim em potencial.


Eu realmente não entendo as traduções de títulos brasileiras - The Bad Seed (que em tradução livre seria A Semente Ruim) virou Tara Maldita, dando um duplo sentido quase erótico a um filme fantástico. Esse é o primeiro filme cuja vilã é uma criança, e que posteriormente serviu de inspiração para vários outros, como A Órfã, Anjo Malvado, Caso 39 e etc. E nossa, que vilã! O filme é tenso do início ao fim, prende a atenção ao máximo e tem uma trama superinteressante, com diálogos ótimos e momentos realmente assustadores pelo nível de vilania da criança. Esse entrou para a minha lista de favoritos e eu indico fortemente :) O visual da menina (tranças longas e vestido com gola boneca) me lembrou bastante a Vandinha da família Addams. Para assistir online clique aqui

4. Museu de Cera (1953)
(mistério, policial, suspense, terror)


Henry Jarrod é um escultor que faz imagens magníficas para o seu museu de cera. Jarrod luta com seu sócio, Matthew Burke, quando este começa a incendiar o museu para receber US$ 25 mil do seguro. Jarrod tenta detê-lo em vão, sendo que logo o local todo se incendeia e é seguido por uma explosão, com Jarrod sendo considerado morto. Algum tempo depois, Matthew recebe o dinheiro do seguro e planeja viajar com Cathy Gray, mas é morto por uma pessoa disforme, que na realidade é o próprio Jarrod, que simula o assassinato como se fosse suicídio. 


Nada como um filme de terror antigo - Museu de Cera ganhou alguns remakes posteriores, mas o original é fantástico. Tem um ótimo clima de suspense e uma obra que vai se desenrolando aos poucos, atiçando a curiosidade. A fotografia é muito bonita, tem uma trilha sonora agradável e é um clássico do terror. Para assistir online clique aqui

5. Primavera, Verão, Outono, Inverno e... Primavera (2003)
(drama)


Ninguém é indiferente ao poder das quatro estações e de seu ciclo anual de nascimento, crescimento e declínio. Nem mesmo os dois monges que compartilham a solidão, em um lago rodeado por montanhas. Assim como as estações, cada aspecto de suas vidas é introduzido com uma intensidade que conduz ambos a uma grande espiritualidade e a tragédia. Eles também estão impossibilitados de escapar da roda da vida, dos desejos, sofrimentos e paixões que cercam cada um de nós. Sobre os olhos atentos do velho monge vemos a experiência da perda da inocência do jovem monge, o despertar para o amor quando uma mulher entra em sua vida, o poder letal do ciúme e da obsessão, o preço do perdão, o esclarecimento das experiências. Assim como as estações vão continuar mudando até o final dos tempos, na indecisão entre o agora e o eterno, a solidão será sempre uma casa para o espírito.


Mais um filme coreano no post de hoje - e esse é um drama denso, super sensível, delicado, profundo, bonito e emocionante. Usa as estações do ano para representar as fases da vida e seu aspecto cíclico, de forma singela mas absolutamente linda. A fotografia é linda, a trilha sonora também, e a experiência de assisti-lo é muito doce e agradável. Para fazer o download clique aqui


E por hoje é só. Gostaram das indicações? Já assistiram algum? Me contem nos comentários :)

OOTD: Vestido com Estampa Floral


Oi gente! Esses tempos chegou aqui em casa esse vestido lindão que escolhi na Chicloth - ele tem uma estampa floral colorida num fundo preto. Além do comprimento midi e da cintura marcada, esse vestido tem algo que eu adoro: o tecido um pouco mais encorpado, ficando rodadinho no corpo sem precisar do uso de anágua ou qualquer outra coisa pra dar volume. 

Como ele é um pouco colorido e estampado demais pra mim, combinei com cardigã curtinho preto básico e sapato boneca nos pés. O clima por aqui anda bem louco, uns dias mais frios e outros absurdamente quentes. 











Vestido: Chicloth | Sapato: Fiveblu


O esmalte é o Husky da Risqué e o batom é o Vinho 40 da Natura (resenha aqui). Esses broches muito amorzinhos que usei no cardigã são da Rosegal

O vestido da Chicloth também está disponível em outras estampas no site, com o mesmo modelo. 

Espero que vocês tenham gostado do post, me contem o que acharam do outfit nos comentários <3

Série: Please Like Me


Please Like Me é uma série australiana que mistura drama e comédia de forma sutil e leve. A história é centrada no personagem Josh, que acabou de terminar um relacionamento hétero e está se descobrindo gay: mas esse não é o grande clímax da série, que trata dessas questões com muita naturalidade. Aos poucos vamos sendo apresentados à vida de Josh, seu amigo de infância com quem divide a casa, que termina e reata com a namorada com frequência; sua mãe que acabou de tentar cometer suicídio, seu pai que rompera o casamento para ficar com a namorada tailandesa muitos anos mais jovem. 

Todas essas histórias se entrelaçam e são abordadas com uma leveza difícil de explicar. Apesar de abordar vários temas complicados, como suicídio e depressão, a série consegue fazer isso de forma muito humanizada e sem clichês. Os personagens são muito cativantes e a gente se sente como se fizesse parte daquele círculo de amizades. 


Gosto muito de obras que não tratam o "ser gay" como único fator determinante de vida de um personagem. Josh é um personagem não-estereotipado, complexo, com seus conflitos próprios e que lida bem com seus problemas de uma forma geral. A série tem um tom otimista muito agradável, é prazerosa de assistir e perfeita para momentos em que precisamos de algo legal para nos animarmos. 

O grande foco de Please Like Me são os relacionamentos. A abordagem nesse quesito é extremamente interessante, a série não tenta fazer um retrato da geração vinte-e-poucos-anos nem lançar críticas vazias a essa ou aquela geração, mas traz personagens diversos e complexos, com seus próprios conflitos. 


A obra tem um estilo muito próprio, desde a abertura até o desenvolvimento da trama. É claro que Please Like Me tem um jeitinho todo indie de ser, mas também é bastante particular.

A série conta com 6 episódios na primeira temporada e 10 na segunda e terceira e mais 6 na quarta temporada. Os episódios tem média de 25min de duração, ou seja, ela pode ser assistida bem rapidinho. 


Indico para todo mundo que esteja buscando uma série leve e divertida mas nem por isso superficial. Please Like Me quebra tabus sobre homossexualidade e nos apresenta à um universo divertidíssimo e extremamente cativante. Duvido você assistir um episódio e não ter vontade de maratonar a série todinha! :)

Filmes Assistidos Recentemente


O post de hoje tem cinco filmes e passeia por diferentes épocas, estilos e nacionalidades. Tem desde clássico cult até filme trash - porque a gente não precisa se prender a uma coisa só, né? :)

1. Casablanca (1942)
(drama, guerra, romance)


Casablanca é a rota obrigatória de quem está fugindo dos nazistas na Segunda Guerra Mundial. É lá que Rick vai reencontrar Ilsa, anos depois de terem se apaixonado e se perdido em Paris.


Casablanca é um clássico e quando assistimos entendemos o porquê: e compreendemos também que estamos diante de uma obra prima. Nunca fui fã de filmes de guerra, mas aqui o drama e o romance dão o tom ao filme - tão melancólico, amargo, bonito e sensível, tudo ao mesmo tempo. Foge aos clichês de filmes românticos e é desses pra assistir com uma caixinha de lenços ao lado - tem um final absolutamente fantástico. Para fazer o download clique aqui

2. A Última Vida no Universo (2003)
(comédia, drama, romance)


Kenji é um jovem bibliotecário japonês que mora em Bangkok, na Tailândia. Extremamente tímido, é obcecado por organização e pela morte (especialmente a dele mesmo e não necessariamente nessa ordem). De repente, uma tragédia coloca à sua frente Noi, uma garota que é o seu oposto: desencanada, expansiva e que vive em uma casa que parece ter brigado definitivamente com a vassoura e com o detergente há décadas. Depois de um início cheio de estranhezas, os dois vão se entendendo. Ok, pode parecer mais uma dessas histórias em que os opostos se atraem, onde a maluquinha conquista e é conquistada pelo cara tímido e estranho, mas não é bem assim…


Uma dramédia melancólica com pitadas de humor sarcástico, personagens cativantes e uma história que consegue prender a atenção - A Última Vida no Universo é um filme tailandês sensível, poético e aberto à interpretações. O cinema asiático contemporâneo tem muitas preciosidades que valem a pena, e essa aqui é uma delas. Um filme que levanta vários questionamentos e dialoga sobre vazio existencial. Para fazer o download clique aqui

3. O Horror Vem do Espaço (1958)
(ficção científica, terror)


Um cientista desenvolveu uma máquina que potencializa o poder da mente humana, transformando pensamentos em energia. Mas, com isso também criou acidentalmente terríveis criaturas vampirescas que se alimentam de cérebros humanos, aterrorizando os habitantes próximos de uma base militar.


Eu adoro essa mistura de terror com sci-fi e aqui isso funciona perfeitamente. Apesar do nome traduzido ser meio nonsense (não tem nada que 'vem do espaço' aqui), o filme consegue criar e sustentar uma tensão que deixa o espectador ansioso para o desfecho do filme. Os efeitos especiais são bem interessantes considerado que é um filme da década de 50. Pra quem gosta de filmes meio 'trash', vale muito a pena - entrou pra minha listinha de favoritos. Para assistir online clique aqui

4. Lion: Uma Jornada Para Casa (2016)
(drama)


Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfrentou grandes desafios para sobreviver sozinho até ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.


Não me interessei muito por esse filme na época da disputa pelo Oscar, mas pela praticidade de estar no catálogo da Netflix acabei assistindo - e ainda bem que o fiz, porque é um ótimo filme. Baseado numa história real, tem um desenvolvimento super bonito e sensível e consegue dialogar sobre várias questões importantes. Tem ótimas atuações e é realmente uma obra emocionante, difícil controlar as lágrimas. Para assistir online clique aqui. *Disponível na Netflix

5. O Ataque da Mulher de 15 Metros (1958)
(ficção científica)


Um dos maiores clássicos do cinema "B" dos anos 50. Uma esposa bêbada em apuros com o marido mulherengo tem sua vida mudada depois de um encontro com um alienígena gigante. Depois do encontro do outro mundo, a mulher passa a crescer até atingir a altura de 15 metros e sai em perseguição ao marido infiel destruindo a cidade.


E mais um sci-fi trash no post de hoje <3 Eu já falei aqui no blog que (infelizmente) sou bem monotemática e tenho fases: frequentemente me interesso por uma coisa e só quero saber daquilo, e no cinema isso acontece com gêneros/estilos/épocas frequentemente e as vezes de forma cíclica - sempre gostei de filmes de horror e sci-fi antigos e agora estou retornando a procurar mais deles. O Ataque da Mulher de 15 Metros é um clássico trash (e põe trash nisso!) que tem um bom desenvolvimento e uma personagem central interessante, mas pode decepcionar um pouquinho pelo famigerado "ataque" ser apenas uma pequena parte do filme. Os efeitos especiais são risíveis, mas é uma boa pedida pra quem curte o gênero. Para fazer o download clique aqui


E por hoje é só. Espero que vocês tenham gostado das indicações e consigam assistir algum no fim de semana <3