Filmes Assistidos Recentemente


Hoje o post tá bem diversificado e tem filme para todos os gostos, haha. Teve aquela misturinha de épocas que eu adoro e filmes de diferentes gêneros. 

1. Nunca Fui Santa (1956)
(comédia, drama, romance)


Cowboy ingênuo se apaixona por garçonete sensual. Ela foge, mas ele vai atrás dela, determinado pela ideia de ter a garota.


Ver a Marilyn Monroe em cena é sempre uma experiência incrível, mesmo que o machismo do filme incomode em toda a extensão dele. Tem um dos personagens mais irritantes do cinema, uma história um pouco clichê com algumas cenas muito boas (as performances de Marilyn são sempre encantadoras) mas no geral quem carrega o filme nas costas é só ela mesmo. Para assistir online, clique aqui.

2. Fragmentado (2017)
(terror, thriller)


Kevin possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar.


A estreia de Fragmentado não causou em mim a mesma ansiedade que Corra! causou, mas quis assistir ao filme mesmo assim. No geral, é um filme interessante para quem gosta de tramas psicológicas e a tensão de um bom thriller, porque ele funciona bem nesse sentido. A atuação do James McAvoy está incrível e só por ele já valeria a pena assistir. Mas tem alguns pontos bem ruins, como personagens rasos (exceto o principal, claro) e alguns exageros. Eu honestamente não sou muito fã desses filmes de "ficção psicológica", mas imagino que pra quem gosta a experiência de assisti-lo vai ser melhor que a minha. Para assistir online, clique aqui.  

3. Minha Esposa Favorita (1940)
(comédia, romance)


Ellen estava em um barco que naufragou. Todos acreditam que ela morreu, inclusive seu marido. Mas sete anos depois ela reaparece, bem no dia do casamento de seu marido com outra mulher.


Uma coisa que definitivamente adoro: comédias românticas com atuação do Cary Grant. Ver esse homem em cena é sempre positivo. Essa aqui é divertidíssima e a história é muito interessante, inclusive ela serviu de inspiração para muitas comédias românticas que surgiram posteriormente. As atuações são fabulosas e o filme é muito agradável de assistir. Para fazer o download clique aqui.

4. Amantes do Caribe (2010)
(drama, romance)


As ruas e praias ensolaradas das Bahamas servem de cenário para essa suntuosa e corajosa estória de amor interracial e fazem contraposição às nuvens negras trazidas pela franca homofobia e intolerância endossadas pela religião. Johnny é um artista introvertido vítima de bullying nas ruas de Nassau, até mesmo pelo homem com quem dormiu na noite anterior. Ele vai para uma ilha distante, para que foque em seu trabalho. Lá ele conhece Romeo, um cara bonitão e simpático que se oferece para mostrar as belezas da ilha e muito mais. As coisas azedam quando chegam a noiva e a mãe de Romeo, que se recusa a entender as inúmeras pistas que ele deixa para que ela se situe.


O nome em português e a sinopse original do filme em nada condizem com o que ele realmente é: uma triste obra sobre homofobia, violência e intolerância religiosa. A história vai se desenvolvendo aos poucos, se tornando cada vez mais forte e mais crítica e culmina num final fantástico. Um filme importantíssimo, além de ter personagens e histórias paralelas superinteressantes e uma fotografia estonteante de tão bonita - a primeira foto exemplifica bem essa beleza. Enfim, não é um filme muito conhecido mas eu indico fortemente. Para fazer o download clique aqui.

5. ...E o Vento Levou (1939)
(drama, guerra, romance)


Durante a Guerra Civil Americana, quando fortunas e famílias foram destruídas, um cínico aventureiro e uma determinada jovem, que foi duramente atingida pela guerra, se envolvem numa relação de amor e ódio.


As quatro horas de duração desse filme sempre me impediram de assisti-lo, mas um clássico é um clássico e eu decidi que não podia mais adiá-lo. Meu plano era assistir dividindo por partes, como se fosse uma série, mas quando comecei não consegui mais parar e assisti as quatro horas em sequência. Esse filme é surreal de tão bom, cada minuto vale a pena. A história é extremamente envolvente, os personagens são muito cativantes e o final é memorável. Um clássico que não recebeu esse título à toa. Além disso, ...E o Vento Levou é o primeiro filme da história do cinema em que um ator negro ganhou um Oscar - a atriz que interpreta a escrava Mammy, na foto acima, levou o prêmio de melhor ator coadjuvante. Para assistir online, clique aqui.


E por hoje é só! Espero que vocês tenham gostado das indicações e consigam assistir algum. Me contem aí embaixo se já viram algum desses <3

9 comentários:

  1. Olá, E o Vento Levou foi o filme que abriu meu interesse por filmes antigos, eu fiquei encantada. Quero muito ver esse Nunca fui santa, já está na minha lista a séculos rsrs

    bjus

    Ari ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ari! Eu demorei séculos pra ver E o Vento Levou mas não me arrependo, acho que teria me assustado se tivesse visto de primeira hahaha Assiste sim, não é melhor filme do mundo mas vale a pena pela Marilyn kk
      beijos

      Excluir
  2. Caracaaaaaa, quanto filme bom!
    Eu já tô baixando o Amantes do Caribe e amei ver que tu pensou exatamente o mesmo que eu em relação a Nunca Fui Santa, eu mesma poderia ter escrito essa sinopse, porque tu falou exatamente o que eu gostaria de falar. E O Ventou Levou é um filme bem ruim de assistir com alguém, porque parece que com outra pessoa tu percebe o tempo do filme. Mas aí resolvi assistir sozinha e me surpreendi, realmente tu nem nota o tempo passando. Esse filme quando eu assisti foi um tapa na cara, me mostrou que as coisas podem estar super boas e de repente virarem um redemoinho de merda. Eu tô louca pra assistir Fragmentado, muito obri pelo link! Eu também não sou muito fã de terror psicológico, mas o filme tem o James McAvoy, já vale a pena! UAHUAHUAAU
    Beijoooos!

    www.vultuspersefone.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa! HUAHAHUHAU que bom que a gente concordou! Aquele cara do filme é tão insuportável que quase desisti do filme por causa dele kk É verdade, tem filmes que foram feitos pra se assistir sozinho mesmo, se não a gente se distrai com facilidade. O James McAvoy leva Fragmentado nas costas, vale por ele mesmo!
      beijão

      Excluir
  3. Eu amo E o vento levou. O filme e o livro são incríveis. Mesmo.

    Fiquei com vontade de assistir ao Fragmentado e, também, ao Nunca fui Santa. Marilyn é amor, apenas <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna! Quero muito ler o livro, ainda não li :( A Marilyn é maravilhosa!
      beijos

      Excluir
  4. Toda vez que você traz filmes antigos para seu blog eu reparo nas imagens, a dramaturgia excessiva, com a ideia de que se está encenando uma peça. Acho interessante, porque ai começo a comparar com os filmes atuais (ou modernistas), um tipo de dramaturgia ensaiada e natural. E Fragmentado eu estou louca para assistir, já li ótimas resenhas dele.

    Até mais! O/
    Karolini Barbara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karol! É verdade, tem várias diferenças entre o cinema atual e o antigo, e o antigo era de fato mais excessivamente dramático, com cenas mais próximas do teatro (porque ne, era a referência da época kk). Mas eu acho isso fantástico, e combina muito bem com filmes de alta carga dramática.
      beijos

      Excluir
  5. Eu vou comentar de novo pq acho que esqueci de clicar em publicar, aaaaa.
    Então, eu assisti Fragmentado esse final de semana e era um dos filmes que eu tava doida pra assistir, por conta do trailer e do burburinho que ele deu. Confesso que achei um pouco arrastado no começo e tbm gostaria que tivesse mais tensão, que nem no filme Identidade que tbm aborda sobre esse tipo de transtorno, aliás mto bom, se tu não assistiu te indico ;) No conjunto geral eu achei que poderia ter sido um pouquinho melhor e sim, que baita atuação daquele ator!! Achei que o final deu uma ponta pra uma continuação, pq ficou um pouco vago. E eu tbm adorei o filme Corra, muuuito bom <3
    Beijão bru ;*

    ResponderExcluir

♥ Não comente se não tiver lido a postagem, spams são desrespeitosos e serão imediatamente excluídos ♥
♥ Você tem um blog? Deixe seu link ao final do comentário, vou adorar conhecê-lo ♥
♥ Sua opinião é muito importante e eu sempre quero lê-la, aqui você pode discordar sempre que quiser - mas mantenha o respeito ♥
♥ Os comentários sempre são respondidos, mesmo que demore alguns dias. O blogger não avisa quando alguém responde seu comentário, para receber a resposta é necessário marcar a caixa "notifique-me" quando for escrevê-lo ♥

Fanpage | Instagram | LookBook.nu

Tem alguma dúvida ou sugestão?
Você pode entrar em contato comigo pelo e-mail chanelfakeblog@outlook.com