Resenha: Garoto Encontra Garoto, de David Levithan


Eu já havia falado sobre o David Levithan aqui no blog, num post em que falei sobre o livro Dois Garotos se Beijando (aqui!), que continua sendo meu favorito do autor. Encontrei Garoto Encontra Garoto num sebo e o levei para casa, bem contente. 

O livro é uma comédia romântica centrada em Paul, que terminou um relacionamento há pouco e acabou de conhecer quem ele acredita ser o garoto dos seus sonhos - Noah - mas estragou tudo no logo no início. Enquanto tenta reconquistar Noah, Paul também tem outros desafios a vencer, como ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais religiosos e lidar com o novo namorado babaca de sua melhor amiga. 

Uma das coisas que mais gosto nos livros do Levithan (tendo como base esses dois que li até agora) é sua capacidade de pegar personagens comuns e fazer suas histórias grandiosas e interessantes - é como se qualquer um pudesse ser personagem dentro daquele universo, sabe? Isso certamente acaba nos aproximando mais de seus livros. 

Toda a trama gira em torno de um romance clichê, água com açúcar e tudo mais. Mas não é por ser clichê que precisa ser ruim, né? A historia envolve e cativa, a leitura flui e o ritmo da narrativa é muito bom. Tudo é muito leve e regado a boas doses de humor. Tem 240 páginas que passam rapidinho.

David Levithan consegue abordar a homossexualidade (ainda considerada tabu, infelizmente) de forma leve. Isso acaba deixando o livro um pouco superficial, porquê (infelizmente) sabemos que o mundo não é tão maravilhoso quanto o descrito em suas histórias. Apesar disso, com o desenrolar da história os personagens vivenciam conflitos e também geram ensinamentos para o leitor, conseguindo passar a mensagem que o livro se propõe a passar.


Os personagens secundários também são interessantes e norteiam a trama. David Levithan dessa vez traz uma personagem Drag Queen, que é, ao mesmo tempo, jogadora do time de futebol americano e líder de torcida. No final do livro há um bônus - um conto em que ela é a protagonista. Amei essa parte, adoraria um livro inteiro sobre essa personagem.

A linguagem é bem coloquial, típica do autor. Confesso que isso me incomodou um pouco durante todo o livro, mas não é um problema se você gosta desse estilo de leitura. 

No geral, Garoto Encontra Garoto é um livro fofo, levinho, previsível e com personagens adoráveis - perfeito para momentos de bad, ou apenas um domingo preguiçoso. Gosto de ler esse tipo de livro entre outros dois mais clássicos e densos, que exijam uma concentração maior. É ótimo para desanuviar a cabeça ^^ 

Apesar disso, eu gostei bem mais de Dois Garotos se Beijando, e indico muito esse para quem gostar desse aqui. <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

♥ Não comente se não tiver lido a postagem, spams são desrespeitosos e serão imediatamente excluídos ♥
♥ Você tem um blog? Deixe seu link ao final do comentário, vou adorar conhecê-lo ♥
♥ Sua opinião é muito importante e eu sempre quero lê-la, aqui você pode discordar sempre que quiser - mas mantenha o respeito ♥
♥ Os comentários sempre são respondidos, mesmo que demore alguns dias. O blogger não avisa quando alguém responde seu comentário, para receber a resposta é necessário marcar a caixa "notifique-me" quando for escrevê-lo ♥

Fanpage | Instagram | LookBook.nu

Tem alguma dúvida ou sugestão?
Você pode entrar em contato comigo pelo e-mail chanelfakeblog@outlook.com