Leituras do Mês: Agosto


Agosto foi (quase) tão interminável quanto minhas leituras, porque me pareceu que fiquei uma eternidade lendo este primeiro livro. Nesse mês que passou só consegui ler dois livros, um bem pequeno e outro que já estava pegando poeira na minha prateleira há tempos. Afinal de contas, tem livros que compramos mas temos de amadurecer um pouco mais (ou estudar mesmo, hehe) antes de estarmos prontos para ler e absorver o que foi lido, né? ;)


Encontrei essa edição de A Interpretação dos Sonhos num sebo e paguei cerca de R$20, foi realmente um achado - principalmente por ter capa dura, estar em perfeito estado e minha segunda opção serem os livros da l&pm pocket, um pouco difíceis de serem lidos por conta das letrinhas miúdas, principalmente num livro grande como esse. Faz quase um ano que o tenho e só agora li por inteiro. Preferi começar por outras obras do Freud, ter uma base e só depois ler seu livro mais importante. 

É um livro bastante complexo, mais técnico mesmo, escrito na típica linguagem freudiana. Não é necessário ser estudante da área para entender, mas é necessário muita vontade de ler uma obra dessas para concluí-la: apesar de interessante, a leitura é monótona e cansativa na maior parte do tempo. Na Interpretação, Freud parte do princípio de que "todo sonho é a realização de um desejo" e analisa vários sonhos (seus e de seus pacientes) buscando a comprovação desse princípio. A existência do inconsciente é postulada, assim como suas características. Freud também faz um retrospecto (muito interessante, por sinal) das teorias dos sonhos criadas por filósofos/estudiosos antigos. Também é importante destacar um amadurecimento na escrita de Freud, comparando com outras obras. Extremamente necessário para entender os pilares de sustentação da psicanálise. Apesar de ter sido escrito em 1899, a data do livro foi modificada pelo editor para constar como 1900, pois Freud acreditava que este viria a ser uma das grandes obras do século XX - e de fato assim foi considerada.

Essa obra é importantíssima para qualquer estudante de psicologia, mesmo para aqueles que não buscam trilhar o caminho da psicanálise - como é o meu caso. É uma leitura bem densa, comecei no final de Julho e me estendi até o final de Agosto - como esse mês, o livro pareceu interminável rs. 


No finzinho do mês iniciei O Jogador, do Dostoiévski - um dos meus escritores preferidos. Narrado pelo personagem principal, Alexei Ivanovitch, um jovem de família nobre e falida, menosprezado pela mulher que ama, passando uma temporada na Alemanha, num lugar onde a atração principal é o cassino. 

Esse livro é considerado altamente biográfico, já que o próprio Dostoiévski tinha vício em jogos. É um livro pequeno, de capítulos curtos e de ritmo agradável, uma leitura muito interessante que não chega perto de ser cansativa em momento algum, li em cerca de três dias. A narrativa do personagem principal é leve e divertida, Alexei explora os outros personagens a sua volta com o olhar crítico e a ironia características das obras do Dostoiévski. Eu diria que esse é um livro bem interessante para quem nunca leu nada do autor, é um livro curto, de fácil entendimento e que mostra bastante do estilo de escrita dele. 

Depois deste, só resta a vontade de ler logo a próxima obra dele. Aqui em casa estão me esperando, ainda não lidos, O Eterno Marido e Uma Criatura Dócil. Mas ainda tenho outros na lista antes destes :p 


E vocês, já leram algum destes? O que leram nesse longo mês de Agosto? Me contem aí nos comentários. ^^

8 comentários:

  1. Tu tá devorando todas as obras do Freud né? Hahahah :P Sobre o livro só achei interessante o titulo, mas acho que me cansaria facilmente, não tenho paciência pra coisas complexas :~ O segundo só conheço o autor pelo nome mas nunca li uma obra dele. Pelo visto já deu pra perceber que tu ama os clássicos, que não é meu caso já que prefiro as obras mais modernas :)
    Esse mês (agosto no caso) tava lendo um romance/drama e um policial <3
    Beijocas guria :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna! Obrigação de um estudante da psico, né? haujhhuahua É, esse é um livro bem cansativo mesmo, até para quem já tem uma base. Eu sou apaixonada pelos clássicos, mas nem acho Dostoiévski tão clássico assim, sabe? Não é uma leitura difícil. De escritores modernos eu gosto muito do Joe Hill, Anne Rice, Stephen King... só não gosto de livro com linguagem muito coloquial, gírias... assim não consigo gostar :// huhahau Ah, eu adoro livros policiais *-* Já leu algo do Sidney Sheldon? Um dos meus preferidos do gênero.
      beijão

      Excluir
    2. Hahahah entendo! Desses atuais que tu citou gosto mto do King, mas por enquanto tô lendo mais esses livros que tão lançando no momento! Sidney Sheldon não conheço, só de nome e acho que foi por aqui msm nas tuas citações ;) Um autor de livros policiais que eu adoro é o Harlan Coben. Na vdd tá mais pra um suspense daqueles que a pessoa que tu menos imagina é o vilão sabe! Poxa adoro livros com linguagem coloquial haushaus.. Os rebuscados complicam minha cabeça :P

      Excluir
  2. Já tinha ouvido falar bastante tanto de A Interpretação dos Sonhos quanto de O Jogador, sempre achei muito interessante, as resenhas que já li sobre o primeiro, tenho vontade de ler, mas tenho medo de comprar e não gostar, pelo estilo, já O Jogador, está na minha lista de livros à comprar! Nunca tinha lido ninguém falando sobre em blogs, mas pelo o que sei dele, e agora que você falou que é uma leitura leve, rápida e tals, adorei, quero muuuito, passou uns 10 livros acima agora aiushiauhs

    Blog: Talo de Maçã
    Fan Page: Talo de Maçã

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabbe! Tenta procurar esse livro em sebos também, porque os novos são um pouco carinhos ;s É uma leitura densa, mas acredito que se tu tem interesse, vale a pena - nem que demore, né? E bá, O Jogador é ótimo, acredito que tu vá gostar bastante também ^^
      beijos

      Excluir
  3. Ótimas leituras, um dos primeiros livros que li depois que criei sentido de existência foi dostoievski os irmãos karamazov junto com tom wolf a fogueira das vaidades os dois mudaram minha vida.
    Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone! Irmãos Karamazov é a obra-prima do Dostoiévski, sou louca para ler *-* Quero comprá-lo ainda esse ano, e haja tempo para ler mais de mil páginas né rs
      beijos

      Excluir
  4. Os livros parecem ser bem interessantes, mesmo o primeiro sendo mais voltado pra psicologia e eu não ter nada na área... ^^
    Em agosto eu também li dois livros. Um que eu também custei a terminar e um outro de contos vampíricos que foi bem rapidinho e muito bom por sinal.
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

♥ Não comente se não tiver lido a postagem, spams são desrespeitosos e serão imediatamente excluídos ♥
♥ Você tem um blog? Deixe seu link ao final do comentário, vou adorar conhecê-lo ♥
♥ Sua opinião é muito importante e eu sempre quero lê-la, aqui você pode discordar sempre que quiser - mas mantenha o respeito ♥
♥ Os comentários sempre são respondidos, mesmo que demore alguns dias. O blogger não avisa quando alguém responde seu comentário, para receber a resposta é necessário marcar a caixa "notifique-me" quando for escrevê-lo ♥

Fanpage | Instagram | LookBook.nu

Tem alguma dúvida ou sugestão?
Você pode entrar em contato comigo pelo e-mail chanelfakeblog@outlook.com