Filmes Assistidos Recentemente


Creio que os filmes de hoje serão alguns dos indicados que menos agradarão a todos, isso porque assisti justamente alguns filmes que foram adorados por alguns e detestados por outros. Mas como a nossa opinião sempre tem que ter mais valor para nós mesmos, só posso indicar, dizer que gostei e desejar que vocês assistam para que possam tirar suas próprias conclusões, rs.

1. Melancolia


O tempo só serviu para afastar as irmãs Justine e Claire. Nem o casamento entre Justine e Michael serve como desculpa para aproximá-las, e depois da cerimônia Justine começa a ficar triste e melancólica. Quando o anúncio da colisão da Terra com outro planeta chega ao conhecimento, as reações são bem diferentes. Justine está conformada, enquanto o desespero do iminente fim apavora Claire. 


Esse é um filme do Lars Von Trier e não indico para quem nunca assistiu nenhum outro desse diretor. Realmente, há outros melhores dele (Ninfomaníaca, por exemplo) mas Melancolia também é um bom filme, exatamente por explorar o lado psicológico das personagens. O filme é dividido em dois capítulos que são essenciais para compreender a diferença entre a personalidade das duas irmãs - e o quanto elas mudam com a aproximação do planeta Melancolia. Para assistir online, clique aqui

2. Abdução 


A história começa com a família Morris viajando de carro nas montanhas de Brown na Carolina do Norte. Em algum momento eles acabam num túnel remoto cercado por outros veículos abandonados. O pai, Peter, é raptado, deixando sua esposa e seus filhos traumatizados e buscando um esconderijo. Eles acabam descobrindo que luzes estranhas nas montanhas próximas vem sendo associadas à abdução alienígena há séculos. A partir daí, a família entra num jogo recheado de ataques violentos, tudo registrado pela câmera de vídeo do filho mais novo. 


Um filminho mais trash por aqui, porque não? hahah Apesar da nota ridiculamente baixa no filmow, esse não é um filme que eu tenha achado ruim. Ele é muito mais do mesmo, e se você já assistiu qualquer filme sobre ets, provavelmente já viu tudo que acontece nesse filme. A sensação que fica é a de um roteiro bom, mas mal aproveitado, como por exemplo os laços familiares que poderiam ter sido melhor aproveitados e o autismo do filho mais novo que precisa da câmera de vídeo para se acalmar. Apesar disso, não é um filme ruim e indico para quem gosta do gênero. Para assistir online, clique aqui

3. Versos de um Crime


A trama se passa na década de 1950 e acompanha o poeta Allen Ginsberg, Lucien Carr e outro membro da geração Beat, Jack Kerouac. A vida dos três se transformam para sempre quando eles são acusados de matar David Kammerer, um professor apaixonado por Lucien, em 1944. 


Esse filme é baseado em fatos reais, e até então eu só havia lido sobre o Allen Ginsberg em alguns livros do Bukowski (relacionando-o com a geração Beat, apesar do Bukowski não ter feito parte) e fui assistir esse filme meio no escuro e aconteceu que fiquei absolutamente apaixonada por ele. É um filme tão intenso, tão cheio de juventude, de sede de mudança, de vivacidade. Terminei querendo assistir de novo. Também é o único filme com o Daniel Radcliff que consegui desassociá-lo completamente do papel do Harry Potter, hahaah, por que ele realmente está bem diferente no filme - e com uma atuação muito boa. Enfim, foi meu preferido dos três. Para assistir online, clique aqui.


E vocês, já assistiram algum desses ou ficaram afim de assistir? Comente ^^ 

Todo mundo é legal demais - na primeira semana


Mark tamborilava os dedos na mesa, fazendo um barulho chato de tec tec tec ecoar pela sala minúscula, com suas duas únicas janelas pequenas muito bem fechadas e o calor trancafiado do lado de dentro. Se o inferno existe, deve ser quente como essa sala e ecoar infinitamente esse tec tec tec maldito.

Mark já havia sido um cara legal. Nós já tínhamos falado sobre alienígenas, sobre invasão à Terra e sobre alienígenas invadindo a Terra. Mark parecia um cara culto por detrás dos cabelos ondulados e compridos, cor de castanho-nada e óculos fundo de garrafa. Andava sempre metido numas roupas velhas, ora justas demais, ora tão largas que pareciam caber dois dele. Ele não parecia um cara que se trancava em casa e ficava fazendo tec tec tec com os dedos na mesa em plena sexta à noite, sabe?

Eu me sinto íntimo do Mark. Quer dizer, não íntimo demais, mas eu já o conheço bastante para salvar seu número na categoria "amigos" do meu celular. Ele também já arrota na minha frente depois de tomar de uma vez só uma garrafa de cerveja, mas eu não tenho certeza de que ele não faria o mesmo na frente de desconhecidos. De qualquer forma, faz pouco tempo que nos conhecemos. Um mês ou dois. Nós moramos juntos nesse cubículo caríssimo porque somos colegas na faculdade e uma pequena caixa de fósforo já custa mais do que nossas almas na capital.

No começo tudo parecia legal, sabe? Ele curte umas músicas boas. Tem pôsters do AC/DC pelo quarto, e até um toca-discos desses antigos. Ele não conhece muitas meninas, nem meninos, mas ele sempre me pareceu gente boa. Nossas conversas sobre ovnis, alienígenas, vikings, dragões e rock clássico ainda permanecem na minha cabeça.

Só que agora ele só faz esse maldito tec tec tec. E reclama da toalha molhada que eu deixo em cima da cama - mesmo que ele não durma na minha cama. Afinal de contas, porque as pessoas se preocupam tanto com coisas que definitivamente não lhes dizem respeito?

Mark é chato pra caralho. Ele arrota alto, bebe cerveja até cair do sofá e está sempre com os cabelos fedendo a cigarro barato. Mark espanta meus amigos. Mark espanta as meninas. Eu desconfio que o Mark nem ao menos saiba o nome de três músicas do AC/DC.

Mas tudo, eu já estou acostumado. Todo mundo é legal e interessante na primeira semana.

O problema é a convivência depois disso.

Recebidos da CUTESHOP


Oi gente! É com muito prazer que eu faço esse post, porque recebi acessórios lindos da loja CUTESHOP. Fico muito feliz quando a parceira em questão se identifica com o blog e ainda compreende o meu estilo a ponto de me enviar acessórios que me agradam totalmente, não tinha como ser mais a minha cara. Então ficam aqui os agradecimentos à loja e sua dona, a Fernanda, que foi muito atenciosa comigo. 

A loja tem acessórios lindos e bem alternativos, uma qualidade ótima, grande variedade e preço acessível. O frete é gratuito nas compras acima de R$200. A CUTESHOP, além da loja online possui lojas físicas em Curitiba, São Paulo e Brasília. Eu fiquei louca na primeira vez que acessei o site, porque realmente tem muita coisa linda - muitos camafeus, crânios e acessórios com pedras. Recebi três colares, dois anéis e uma presilha de cabelo que mostro abaixo.









Os acessórios vieram numa caixa e separados individualmente em saquinhos pretos, como mostra a imagem quatro. Chegaram em menos de três dias na minha casa. 


Infelizmente não encontrei o anel de camafeu com esqueleto no site, mas tem outros modelos de anel com camafeu. 

E vocês sabem qual a melhor parte da história? Que vai ter sorteio aqui no blog! :D Ainda essa semana lanço o sorteio em parceria com a CUTESHOP. Enquanto isso, não deixem de visitar a loja e morrer de amores pelos produtos também, hahah. 

E então, o que acharam? Não deixem de comentar <3

TWWD: Poás


Oi gente! :D Esse é mais um post do projeto The Way We Dress, em que eu e mais cinco blogueiras elegemos um elemento em comum para fotografarmos looks, cada uma à seu estilo. Dessa vez nossa escolha pendeu para a estampa de poás, que é uma das minhas estampas preferidas e tenho algumas peças no armário. Esse shortinho branco com bolinhas pretas foi um dos que mais usei nesse verão, por ser de tecido e com elástico na cintura é bem confortável e combina com um monte de coisas que eu tenho. Como vocês já sabem que eu adoro blusas lisas, estreei essa camiseta preta e por sugestão da Dieny do blog Like the Moon e aproveitando a temperatura um pouco mais amena no fim de semana, usei meu coturno azul que estava um pouco esquecidinho. 

Nesse dia eu fiz várias coisas e fui em vários lugares que incluíram alguns bem normais na vida de um ser humano, como por exemplo, ir ao supermercado. E é incrível como mesmo usando uma roupa extremamente comum e casual, as pessoas olham DEMAIS. A minha aparência não foge muito do comum, mas é absurdo que qualquer um que tenha um visual minimamente alternativo tenha que ser obrigado a conviver na marra com tantos olhares invasivos na rua. É tão babaca que em pleno 2015 exista um policiamento tão grande do que as pessoas vestem/gostam que dá uma desanimada. Não sou obrigada a ser seguida com os olhos por seguranças de supermercados. Isso me faz pensar no que as pessoas com visual bem alternativo vivenciam nas ruas, e aliás, uma página muito bacana que mostra um pouquinho isso é a Inserção do Diferente, que conheci pelo blog Moda de Subculturas. Vale a pena conhecer o trabalho que eles estão fazendo. Ah, e não adianta dizer que muitas vezes os olhares são de aprovação, porque a gente sabe diferenciar muito bem quando alguém está te olhando porque achou teu visual bacana de quando alguém está te olhando pensando de qual inferno esse demônio saiu. E essa semana também fiz a ~burradinha~ de errar a mão e cortar minha franja curta demais - o que acho bem bonito, mas definitivamente não fica legal no meu rosto. De qualquer forma, vai crescer igual e se estressar não vai acelerar esse processo, então não vou reclamar HAHA Mas desabafos à parte, vamos as fotos: 











Camiseta: Gang | Short: Lovely Shoes | Coturno: Cravo & Canela | Cordão com Pedra: Recanto Roots

Deem hype no lookbook!

Tenho gostado muito de usar vários colares juntos de comprimentos diferentes quando uso blusas lisas. Tenho algum tique nervoso que me impede de usar colares com blusas estampadas, não consigo usar nada por cima da estampa, uhauahs. A tattoo choker é do aliexpress e os cordões com pingente de pentagrama e yin yang foram comprados em feirinhas hippie. O batom é o Vamp da Avon, tão bonitinho e tão chatinho de passar, uma pena que a cor não fique uniforme, mas mesmo assim, é meu roxinho preferido. 

Não sou fã de usar coturno no calor - porque passar calor realmente não é meu ideal de vida, mas nesse dia estava tranquilo de usar, por causa da brisa fresquinha, e até que curti o resultado final, já que eu não gosto muito de usar coturno com short. E vocês, o que acharam? 

Não deixem de visitar o blog das outras meninas para conferir o look delas também! ;)


Não esqueçam de comentar aí embaixo ^^ 

Sunday with Love


Oi gente! Como as últimas duas semanas foram de restinho de férias + carnaval, esqueci um pouquinho desse projeto superbacana que é o Sunday with Love. Pra quem não conhece, ele surgiu no grupo Divas(os) da Blogosfera e consiste em indicar seus posts preferidos da semana, dos blogueiros que participam do grupo. Confiram meus favoritos dessa semana: 


Como a boa cinéfila que sou, não podia deixar de me interessar por essa indicação incrível da Cecília, e sua resenha super bem escrita. A história gira em torno de um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração. Aliás, acredito que muita gente não saiba, mas aí vai uma curiosidade minha: eu já toquei bateria. Fiz aula por mais ou menos um ano, comprei minha batera e tudo, mas eu não era boa o suficiente e isso me deixava muito frustrada e me fez desistir de tocar. O filme parece ser muito bom e já coloquei na minha listinha para assistir assim que possível. 


Eu adoro o Antíteses. É um blog que realmente me dá prazer de entrar, o conteúdo é extremamente bom, sempre encontro textos muito bem escritos e sobre temas atuais. Esse não podia ser diferente. Eu até poderia escrever um texto sobre 50 Tons, mas eu realmente não li nem assisti ao filme e não gosto de escrever sobre o que eu não vi - e não perderia meu tempo lendo/assistindo algo só no intuito de criticar. Só que qualquer um que não viva em Marte sabe exatamente o que acontece. E romantizar relacionamentos abusivos, além de patologizar fetiches não é algo que me pareça minimamente certo. Vale muito a leitura. 


Deixo aqui meu abraço virtual pra Alexia, porque se tem coisa que eu gosto é baixar fontes novas e bonitas. Todo blogueiro que se preze precisa de umas fontes bonitinhas, né? No post dela tem seis lindas, das quais baixei três. 


Esse post da Ju descreveu minha vida de antigamente. Todo mundo que já cortou o cabelo beeem curtinho e depois deixou crescer de novo sabe o drama que é, porque você passa por uns períodos de cabelo sinistro que não há como evitar completamente. O post tá cheio de fotos lindinhas do novo objetivo capilar da Ju, e ainda dá pra conferir o novo layout lindão dela. 


E então é isso, gente! Vamos visitar os coleguinhas, fazer essa blogosfera girar e espalhar um pouco de amor por aí? :DD Espero que vocês tenham gostado das minhas indicações ^^ 

Filmes Assistidos Recentemente


Sim, hoje vamos falar de filmes <3 Como combinado na última publicação, agora serão apenas três filmes por vez, pra essa tag ser atualizada com mais frequência. Os três de hoje são especialmente bons e recomendo à todos! 

1. Os Suspeitos (1995)


Cinco suspeitos são detidos numa delegacia de Nova Iorque por causa de um crime. Durante a detenção eles chegam a um acordo e se unem para realizar um grande trabalho. Porém, o que eles não imaginam é que são todos marionetes nas mãos de alguém muito mais poderoso. 


Os Suspeitos foi uma grande e excelente surpresa pra mim. Não sou muito fã de filmes policiais, cheios de cenas de ação e tal, mas esse é realmente muito bom - a trama além de convencer, prende o telespectador e cria um mistério que perdura até o fim, desembocando num final surpreendente. Para assistir online, clique aqui. Só achei dublado na internet :( 

2. Bastardos Inglórios


Durante a Segunda Guerra Mundial, na França ocupada pelo exército alemão, a judia Shosanna vê sua família ser executada pelo coronel nazista Hans Landa. Porém, ela consegue escapar e passa a viver sob a identidade de uma proprietária de cinema em Paris, aguardando o momento certo para se vingar. Ainda na Europa, o tenente Aldo Raine organiza um grupo de soldados judeus para lutar contra os nazistas.


Eu não sabia que esse filme era do Tarantino, e apesar de já ter ouvido falar sobre ele várias vezes, imaginava uma história totalmente diferente, foi uma baita surpresa pra mim. E esse filme é espetacular. Entrou para a minha lista de favoritos, e conquistou o segundo lugar também dentre os filmes do Tarantino que já assisti - só perdendo para Django Livre, que aliás, tem um elemento em comum com esse filme que é exatamente o que tornou os dois meus favoritos: o ódio do oprimido e finalmente, a vingança. E tudo isso sem citar o Brad Pitt no elenco, que é de longe meu ator favorito. Para assistir online, clique aqui

3. O Leitor 


Hanna sempre foi uma mulher solitária. Quando se envolve amorosamente com o adolescente Michael, não imagina que um caso de verão irá marcar suas vidas para sempre. O Leitor é uma história que nos levará a questionar todas as nossas mais profundas verdades.


Esse filme é baseado num livro, e tive muita vontade de lê-lo após assistir esse filme. É uma história tão complexa e tão intensa, e tive uma sensação horrível por sentir empatia por uma personagem que fez coisas horríveis - exatamente questionando a crença de que a moralidade guia nossas vidas, o propósito da história - e nos faz enxergar as coisas por diferentes ângulos. A fotografia também é algo a parte, lindíssima. Para assistir online, clique aqui

-

E vocês, já assistiram algum dos citados? Tem alguma indicação pra mim? Vão querer assistir algum? Comentem! <3

Acessórios Legais no Aliexpress


Sabe aqueles acessórios lindos que a gente vê muito mais na internet do que à venda em lojas físicas? Pois então... esse tipo de acessório acaba demorando muito para chegar em lojas físicas, as vezes nem encontramos em nossas cidades e quando achamos, o preço não é tão convidativo. Pra isso o aliexpress é uma ótima opção ;) Principalmente se você ainda tem medo de comprar online - os acessórios não são caros e dá pra pagar por boleto bancário. Hoje separei alguns acessórios lindos, com preços amigos e seus respectivos vendedores. Bora conferir? :D

Chokers



Eu gosto muito dessas gargantilhas como a primeira, completam perfeitamente uma blusa tomara-que-caia ou mesmo um corset - e nesse link tem vários modelos diferentes pelo mesmo preço. 



2. Gargantilha R$4,82

As tattoo chokers e as gargantilhas de veludo são ícones noventistas, e como muitas tendências dessa década tem sido revividas, elas também estão sendo muito procuradas - e no aliexpress dá pra comprar por preços bem pequenos. A gargantilha número três eu encomendei pra mim porque adoro esse modelo. 

Colares com pingentes


1. Colar Lua R$2,80
2. Colar Corvo R$11,90
3. Colar Unicórnio R$10,60

Essa parte tá linda demais! Esse primeiro colar também pedi pra mim, e tem em várias cores diferentes. O de unicórnio está na minha wishlist <3


3. Colar Lua R$10,62
4. Colar Relógio R$9,48

Colares grandes/curtos


2. Colar boho R$18,28
3. Colar com spikes R$6,58
4. Colar dourado R$4,18

Esses colares boho com contas, moedinhas, tão bem em alta, né? Como ainda é difícil encontrar em lojas físicas, o aliexpress tem muitas opções diferentes. O primeiro é meu preferido. 

Anéis


1. Anel Olho R$1,89
2. Anel Bala R$9,29
3. Anel Preto Oval R$9,90
4. Anel Lua R$14,64

Quando eu uso meus anéis de olhos sempre tem alguém que pergunta onde comprar - e no ali tem por preços bem bacanas. Esse anel de bala (assim como o colar) é lindo demais e tem em diversas cores. Tá na wishlist também. 


1. Anel Pedras R$12,00
3. Anel Olho R$13,90
4. Anel Gato R$2,90

Garters


1. Garter Body R$12,50 - o par
2. Garter Pentagram R$8,60
3. Garter com studs R$6,42
4. Body Harness R$5,33

No post sobre a minha wishlist de 2015 comentei que queria comprar algum garter esse ano, e pra minha surpresa, algumas meninas também manifestaram afeição por esse acessório diferente. A maioria deles no aliexpress não são tão baratinhos, mas encontrei esse número 2 e 3 feitos à mão, muito bonitos e com preço em conta ;)

Ah! Eu trouxe os preços em reais pra facilitar, mas como o preço original é em dólar e provavelmente esse post será publicado dias depois de feita a pesquisa de links, podem sofrer uma leve alteração.

Então é isso, gente. Espero que vocês tenham gostado do post e que possam aproveitar algum link :D Gostaram dos itens que eu escolhi? Se quiserem pedir algum post de peças/acessórios específicos do Aliexpress, só comentar que eu providencio um ;)

Crônica sobre um homem comum



O Joaquim não era um homem novo, não. Já havia passado dos sessenta, muito embora o rosto não demonstrasse tanto - exceto pelas rugas bem marcadas nos cantos da boca, deixando aquela expressão de tristeza permanente em seus lábios.

Ele morava numa casinha simples, há cerca de doze anos, toda feita de tijolo a vista e com aberturas de madeira escura. Era uma casa bonita, tradicional, com um jardinzinho cheio de pequenas flores amarelas e cor-de-rosa na frente - todas plantadas pela Dona Lúcia, a esposa do Joaquim.

Os dois se conheceram há muito tempo, quando o mundo nem sonhava em ser o mundo que é hoje. As coisas eram diferentes, as pessoas eram diferentes - incluindo eles mesmos. Era uma noite fresca de sábado, eles já não se lembravam a data com certeza, mas ainda recordavam da roupa um do outro. A Dona Lúcia usava um vestido azul de tecido levemente brilhante, com a saia cheia e bem rodada, chegando a cobrir seus joelhos. Tinha os cabelos curtos e ondulados num penteado bonito, enfeitado com pequenos grampos. O Seu Joaquim usava uma camisa cinza abotoada até o penúltimo botão - deixando o pescoço longo parecer ainda mais longo, e uma calça de lavagem escura por cima da camisa, com um cinto grosso de fivela prateada apertando-a. Eles eram tão jovens naquela época. O Joaquim não tinha nem sequer a sombra das rugas que hoje fazem sua boca parecer tão triste. E Lúcia tinha um brilho nos olhos - hoje tão miúdos - que emprestava claridade até a noite mais escura. Tinham pouco mais de dezesseis anos quando se conheceram. Namoraram por três anos, sempre com a vigilância constante de seus pais - e nunca conversaram muito bem sobre a vida, sobre o futuro, ou sobre eles próprios - mas sabiam que se gostavam, sim, sabiam.

Depois da adolescência o tempo começa a correr rápido demais, e não poderia ser diferente para eles. No começo a vida foi difícil (e quem disse que hoje é fácil?), mas o Joaquim trabalhava desde moço e mesmo que não ganhasse muito, sabia que o futuro sempre guarda coisas boas pra quem é trabalhador - ou pelo menos era isso que diziam à ele. A Dona Lúcia não trabalhou menos, não. Acordava cedo pra trabalhar numa fábrica de calçados e nem quando engravidou dos três filhos que eles tiveram não parou de trabalhar - começou a costurar em casa mesmo, para as pessoas do bairro.

Os filhos cresceram e cada um tomou seu rumo na vida. A mais velha ganhou o nome de Anna e ganhou o mundo também, viajando pelos mais diversos lugares e sempre trazendo lembrancinhas que mais tarde iriam parar no fundo de uma gaveta qualquer aos pais. Numa das últimas viagens, acabou arrumando um namorado na Europa e ficou por lá mesmo - já fazia uns três anos, e ela não ligava muito. O do meio se chamava Otávio. Tinha uma saúde tão frágil quanto suas pernas finas - que viviam raladas na infância. O Otávio sempre havia sido muito estudioso, muito inteligente, muito aplicado. Acabou casando com uma moça que conheceu na faculdade de ciências sociais - tinham uma casinha bonita eles, e embora não quisessem ter filhos, tinham vários cachorros e gatos. O mais novo se chamava Cláudio e não tinha muito em comum com os outros dois irmãos, parecia que um abismo de diferenças separava os três. O Cláudio morava com dois colegas de faculdade na capital, porque ele cursava design e no interior nem sempre tem esses cursos mais modernos. O Joaquim e a Lúcia ficaram tristes de perder o caçula, mas sabiam que os filhos são do mundo e não dos pais.

E todos os dias, quando o Joaquim chega cansado do trabalho, ele se senta numa velha cadeira de plástico em frente ao jardim e inevitavelmente pensa em tudo que queria ter feito de sua vida, mas não fez. Pensa em todos os sonhos que deixou para trás, em toda a frustração que esconde em meio às rugas no canto de sua boca e pensa que viveu muito, mas que pouco aproveitou da vida. Todos os dias são muito iguais e ele só consegue pensar em todos as metas que tinha, e como não cumpriu nenhuma delas. Lembrou que queria viajar o mundo inteiro, que queria estudar, que queria simplesmente sair por aí sem ter hora pra chegar ou sem dar satisfação pra ninguém - mas já era tarde, e a Dona Lúcia chamava o marido para tomarem um cafézinho juntos, enquanto assistiriam à televisão - o que eles faziam todos os dias, há cerca de quarenta anos. Joaquim não queria ser ingrato, não queria desdenhar de tudo de bom que a vida havia lhe dado - uma esposa maravilhosa, filhos bons, cada um à seu modo, e uma vida estável, sem muito luxo, mas nunca faltando o essencial. Só que toda a noite, quando apagava a luz do abajur na mesinha de cabeceira e finalmente deitava a cabeça no travesseiro, não conseguia dormir. Um turbilhão de pensamentos confusos perturbava sua mente, imagens e sons desconexos, indo mais rápido do que a mente humana pode trabalhar. E lá no fundo, tudo o que ele podia ouvir parecia muito com "e se", "e se", "e se". 

1 peça, 3 looks


Há tempos que eu tinha vontade de trazer um quadro de "1 peça - 3 looks" aqui para o blog. Utilizar bastante o que a gente já tem no guarda-roupa deveria ser prioridade de todo mundo, ao invés de sair comprando roupas sem critério algum, que no fim das contas só servirão para ficar encostadas no armário, sem combinar com outras peças que a gente já tenha. Até pensei em escolher algumas peças específicas e montar looks para essa categoria, mas ficaria tudo forçado demais porque seriam looks que eu montaria especialmente para fotos. Então pensei: porque não procurar nos looks que eu já publiquei aqui no blog peças que eu realmente tenha repetido em combinações diversas e trazer esses looks? E eis aqui hoje o resultado. Alguns looks são bem antiguinhos, quem não conhece o blog há muito tempo não deve ter visto, então acredito que vai ser bacana de qualquer forma. Vamos lá?

1. Calça Preta


Esse é o básico dos básicos. Não sei como vivi tantos anos da minha vida sem um jeans skinny preto ~drama~. Essa é a calça que eu mais uso, combina com tudo e é muito confortável. Ela é da Hering. 


2. Hot Pants


Esse hot pants foi vendido na minha lojinha do enjoei porque realmente não havia mais chances de nos unirmos - não servia mais em mim, huahusa. Mas vivemos poucas e boas juntos e isso rendeu alguns looks por aqui. 


3. Saia de Caveirinhas


De longe até parecem poás, mas são mini caveirinhas e essa é uma das minhas peças de roupa preferidas, amo essa saia! Ela é da Renner. 


4. Short Vermelho Floral


Essa é uma das peças que prova que não é porque algo não é básico que não podemos usar diversas vezes :p Tenho uns cinco looks aqui no blog com ele, já foi meu short preferido. Ele é da Riachuello. 


5. Vestido de Poás


Eu adoro esse vestido <3 Não é uma peça fácil de deixar com uma cara diferente, mas ele é lindo e eu adoro usá-lo, tanto no inverno quanto no verão. Ele é da Modlily. 


6. Regata Preta


Essa é uma peça básica que eu adoro, uso muito regatas lisas em geral, mas especialmente essa preta. Ela é da Renner. 


7. Short Preto


Gosto muito desse short, mas ele é bem curtinho e por isso acabo usando mais no inverno (com meia-calça) do que no verão. Ele é tipo a calça preta, combina com qualquer coisa. É da Romwe.


8. Saia Bordô


Sim, eu gosto bastante de bordô huauha Na verdade, essa é minha segunda cor preferida (só perde para o azul royal, que já não gosto tanto em roupas). Costumava usar ela mais antigamente, agora acho que fica muuuito curta em mim, mas continuo achando ela linda. É da She Inside.


9. Short Jeans com Cintura Alta


Uma peça bem fácil de combinar e bem bacana de se ter no guarda-roupa. Tenho vários looks com esse short aqui no blog. Ele foi comprado na Gang. 


10. Short de Poás


Não tenho nenhum amor especial por esse short, mas uso ele com bastante frequência - ele inclusive está comigo há uns cinco anos já, uhshuas. Foi comprado na Marisa. 


-

E então é isso, gente :D Pretendo fazer um novo post desse assim que tiver um bom número de outros looks com outras peças repetidas - e dessa vez preferi trazer looks com peças mais fáceis de se usar no calor, já que estamos no verão. No próximo pretendo trazer mais peças de frio. Espero que vocês tenham gostado desse post, o que acharam da ideia? E qual foram os looks preferidos? Comentem ^^