Resenha: Corretivo Koloss HD


Há tempos eu tinha falado sobre esse corretivo no blog, e só na última semana percebi que ainda não tinha feito a resenha dele. Esse é um produto que eu já tenho há algum tempo, mas como não uso sempre está com bastante produto ainda. 


Ele tem formato de bisnaga e bico dosador, prático para carregar na bolsa, fácil de usar e não desperdiça produto. A embalagem contém 10g de produto. Não possui FPS, o que é um fator negativo. Minha cor é a 01, a mais clara, e mesmo assim fica um pouquinho mais escuro que meu tom de pele. :/


Quando usei pela primeira vez me assustei. Ele é muito líquido e parece que não vai cobrir nada. Mas é só esperar alguns segundinhos que ele seca completamente, inclusive fica com um efeito bem matte na pele. A decepção é que, por ele ter HD no nome se espera um efeito melhor principalmente em fotos/vídeos e isso não acontece. Nesse quesito, é um corretivo absolutamente normal. 


                                 só base | base + corretivo

Eu tenho olheiras escuras e profundas, não por conta do sono, e sim por problemas respiratórios, por isso corretivo é meu item número 1 de maquiagem. A cobertura desse aqui é boa para o dia-a-dia, mas para sair a noite eu costuma usar o da natura (resenha aqui) que tem a cobertura melhor. Mas ainda comparando com ele, o da natura deixa a pele brilhosa e impossível de ser usada sem pó compacto por cima, já esse da Koloss fica bem sequinho e não exige pó. Se você tem olheiras de nível baixo/médio, esse é um bom corretivo. 

Eu comprei ele por R$16,90 e por esse preço valeu a pena. Mas não tenho vontade de testar a base e o pó da mesma linha. 

E vocês, o que acharam? Já testaram esse corretivo ou pretendem testar? Ah, e como esse é o último post do ano (:p) ficam aí meus votos para que 2015 seja um ano lindo para todos nós! :D 

OOTD: Vestido com Mix de Estampas


Depois de tanto look all black por aqui, um mais "coloridinho". Quando vi esse vestido no site hesitei um pouco antes de pedir, fiquei com medo que esse mix de flores e listras fosse demais pra mim, mas pelo modelo soltinho e confortável achei que valia a pena arriscar. Não é uma peça que eu me imagino usando pra sair quando tô mais afim de me arrumar, mas pra usar no dia-a-dia é tão confortável, sabe? Nesse dia saí para comer alguma coisa de tarde e usei ele combinado com creeper preto e cinto. Ele tem a cintura mais alta, estilo império, e depois disso é bem solto no corpo. Só achei as mangas compridas demais para um vestido de verão, mas tudo bem :p 










Vestido: Oasáp | Creeper: Lovely Shoes | Óculos: Romwe | Anel: Cookie Plushie

Deem hype no lookbook!
Não usei muitos acessórios porque já tem estampa demais, não precisa de mais informação, né? Sou uma pessoa muito básica nesse sentido, huahaus O batom é o Amora Matte da Avon :D Espero que vocês tenham gostado do look, não esqueçam de comentar <3

Sunday with Love


Gente, esse tempo tá passando voando, não creio que já é domingo de novo. Parece que isso só acontece quando estamos de férias, né? :// hausuah Mas enfim, hoje tem #swl de novo e cheio de links bacanudos pra vocês visitarem. Pra quem não sabe, esse projeto surgiu no grupo mais lindo da blogosfera, o Divas(os) o/ 



Compartilho dos mesmos sentimentos da Tamiris: não gosto de Harry Potter, não suporto juiz de facebook (esse pessoal que adora falar mal dos outros na internet, sabe?) e mais uma porção de coisas que ela cita no post. É risada certa :D 


Nesse post a Angélica fala sobre os acessórios com cristais e faz um guia de como energizá-los, purificá-los e consagrá-los, além de contar sobre o significado das diferentes pedras. 


Um post muuuito bacana com dicas de lojas para comprar camisetas de filmes e séries! Sempre tem uma que a gente procura e não encontra pra comprar, né? Vale a pena conferir a seleção de lojas online, todas brasileiras ^^ 


Eu morri de amores por esse vestido que a Thayse usou no natal! É aquele tipo de peça que não faz meu estilo, nunca prestei atenção vendo no site mas achei tãaaao lindo nela. As pedrarias deixaram a peça maravilhosa. 


Textinho de despedida da Isa, que se faz dizendo que não sabe escrever e escreve suuuper bem! Esse é um compilado de emoções e acontecimentos sobre esse ano que está acabando. Aproveita pra visitar o blog dela que vai ganhar umas pequenas férias agora ;)

É isso aí gente, espero que vocês tenham gostado do post <3 Não deixem de visitar os coleguinhas ^^

Filmes Assistidos Recentemente


Aeee, finalmente um post sobre filmes! :D Nessa preguicinha de começo de férias + festas de fim de ano acabei não assistindo muitos, mas hoje consegui reunir cinco para comentar com vocês. Espero que vocês gostem e que possam assistir algum no fim de semana :D

1. Disco Pigs


Pig e Runt nasceram no mesmo dia, no mesmo hospital mas em horários diferentes. Parecem gêmeos em tudo, menos no sangue: eles são inseparáveis desde o nascimento. Mas, às vésperas de seus aniversários de dezessete anos, um acontecimento abala o equilíbrio da relação: Runt começa a se aproximar de um colega de escola e provoca em Pig um ciúme doentio. 


Começando pelo único desse post que entrou para minha lista de favoritos. Esse filme mexeu comigo num nível que vocês não tem noção. Que filme lindo, os sentimentos dos personagens chegam a ser quase palpáveis, de tão intensos. A história não é mirabolante, mas é bonita, o final surpreende e as pequenas doses de loucura me fizeram amar esse filme. Para assistir online, clique aqui (nesse site é necessário criar login antes de assistir aos filmes, mas vale a pena porque existem filmes que só se encontra nele)

2. Drácula: A História nunca Contada


Esse filme nos apresenta como na verdade Vlad se tornou o Conde mundialmente conhecido. Para vencer uma guerra, ele recorre à um ser das trevas que vive em sua região. Após beber o sangue dele, Vlad se torna um vampiro e ganha poderes sobrehumanos. 


Eu não costumo falar sobre filmes que não gosto por aqui, mas como esse é lançamento, não me contive. Esse filme é muito, mas muito decepcionante. Eu já assisti sem grandes expectativas, mas sinceramente, esperava mais. Para quem gosta da história original do Drácula (de Bram Stoker) é mais um remake desnecessário. Para quem busca só entretenimento e não se apega a história verdadeira, ainda pode servir. Para assistir online, clique aqui

3. Mar Adentro


Ramón é um homem que luta pelo direito de pôr fim à sua própria vida. Na juventude ele sofreu um acidente que o deixou paraplégico e preso à sua cama por vinte e oito anos. Lúcido e extremamente inteligente, ele entra na justiça pelo direito de decidir sobre sua própria vida, contrariando a Igreja, a sociedade e até sua família.


A pergunta que não quer calar: porque eu demorei tanto pra assistir esse filme incrível? Esse é o tipo de filme que eu mais gosto - que faz a gente pensar sobre um assunto pouco discutido - nesse caso, a eutanásia. Vale muito a pena assistir e preparar um lencinho, porque é muito triste. Para assistir online, clique aqui

4. Closer: Perto Demais


Uma inteligente, perigosa e romântica história de amor sobre encontros inesperados, atrações instantâneas e traições casuais. Uma visão sobre quatro estranhos com uma coisa em comum: eles mesmos. 


Closer não é uma história de amor, mas sim, sobre o amor. Uma visão crua, seca e muitas vezes dolorosa sobre os relacionamentos. É um filme muito bom, mas que apesar disso não me deu um brilho nos olhos. Talvez não fosse o meu momento de assisti-lo. Para assistir online, clique aqui

5. A Bela Junie


Junie é uma menina de dezesseis anos que muda de escola após a morte de sua mãe. Em sua nova classe, muitos meninos desejam sair com Junie, mas ela escolhe o mais calado, Otto. Porém, logo Junie descobre o grande amor de sua vida: seu professor de italiano. 


Esse filme estava há tempos na minha lista para ser assistido, desde que a Sammy indicou num post lá no blog dela - e faz bastante tempo. Ontem resolvi assistir. É um filme curto, mas que se passa num ritmo bem arrastado, podendo entediar em muitas partes. Mesmo assim, é um filme muito bonitinho, com conflitos típicos da adolescência e retratando bem essa parte da vida. A fotografia é muito bonita e a trilha sonora também. Para assistir online, clique aqui

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, não deixem de comentar! :D 

Aos pais - do presente e do futuro




Tanto na semana passada quanto nessa a notícia que mais correu na internet foi sobre a criança de Brad Pitt e Angelina Jolie, designada menina no nascimento e que, no entanto, gosta de ser tratado no masculino e vestir roupas comumente designadas ao sexo masculino. Creio que, se a criança se sente menino, adotou um nome masculino (John) e os pais estão de acordo e ainda expõe para a mídia, é uma total falta de respeito continuar tratando-o no feminino, como absolutamente todas as notícias que eu vi fizeram. Mas não, hoje eu não vim falar de transexualidade por aqui. 
Eu já tenho um sexto sentido um pouco apurado (ou simples experiências online) que me dizem "nunca leia os comentários". Nunca. Nunca mesmo. Mas eu sempre fui teimosa e vez ou outra gosto de contrariar até a mim mesma. Foi o que eu fiz. Me surpreendi: primeiro, positivamente. Depois negativamente. Vi uma mulher comentando o quão evoluídos Angelina e Brad eram por respeitarem a identidade de gênero de seu filho, dando a ele a liberdade de poder ser quem ele é de fato. E depois veio a tristeza do comentário de um homem respondendo ao dela "Queria ver se fosse seu filho, o que você faria." 
Eu não conheço o homem que respondeu isso e não gostaria de perder nem cinco minutos da minha vida o conhecendo. Eu não quero estar perto de gente assim. E é ainda pior saber que o comentário dele não é incomum de ser lido por aí, em notícias do tipo. Mas eu não consegui esquecer essa frase, a ponto de sonhar com ela e acordar no meio da noite pensando nisso - e em algumas palavras que eu precisava escrever hoje por aqui. 
Eu sou uma menina. Aos oito anos eu já sabia que era uma menina - como também sabia aos quatro, aos cinco, aos seis, aos sete e continuo sabendo até hoje, aos dezenove. Seria engraçado, se não fosse extremamente triste, que as pessoas possam questionar o quanto uma criança de oito anos sabe da vida para dizer se é menino ou menina. Essas pessoas provavelmente nunca foram crianças. Essas pessoas provavelmente nem nasceram, ou esqueceram completamente de suas vivências infantis. Crianças não são seres desprovidos de inteligência, de tato, de autoconhecimento. Uma criança sabe exatamente dizer se é menino ou menina, como enxerga a si mesma, o que quer ser. Quando eu nasci disseram aos meus pais que eu era uma menina. Eu ganhei roupinhas cor-de-rosa - porque é essa a cor que se espera que meninas gostem. Eu não gosto de rosa, mas continuo sendo uma menina. Ninguém me pergunta se eu "já tirei da cabeça essa ideia de ser menina". Ninguém me pergunta se eu "continuo menina". Quando eu "virei menina". Quando eu vou "deixar de ser menina". Eu sou uma privilegiada por não ter minha identidade questionada a qualquer momento. Como a maioria das pessoas são. Você pode discordar disso, tudo bem. Este é um direito seu. Mas discordar da autonomia de uma criança não lhe dá o direito de desrespeitá-la, humilhá-la ou questionar a criação que os pais deram à ela.
Hoje é dia de Natal, e mesmo não sendo cristã, minha família é e essa é uma festa já incorporada à rotina de quase todas as famílias, inclusive as que não compartilham dos valores do cristianismo. E hoje também é um dia de muita tristeza para milhares de pessoas que não podem estar no seio de suas famílias compartilhando um almoço - porque elas não são aceitas pelas mesmas. Isso não é vitimismo por parte dessas pessoas. Eu li inúmeros relatos, inclusive de amigos, que passaram/passariam o Natal completamente sozinhos ou com um pequeno grupo de amigos simplesmente porque a família não os aceita. Por terem suas identidades de gênero renegadas por aqueles que mais deveriam amá-los, apoiá-los e aceitá-los: os pais. 
Um filho não é monopólio de seus pais. Ele não é um brinquedo que você decide comprar e quando este o desagrada, pode largar pelos cantos e esquecer de sua existência. Um filho tampouco tem o dever de seguir os passos dos pais, viver a vida que eles planejaram para si e esquecer de seus próprios sonhos, planos e até de sua identidade. Querer colocar um filho no mundo pensando em deixar de amá-lo caso ele contrarie seus paradigmas é no mínimo egoísta - para não dizer coisa muito pior. 
Então, caro rapaz que fez este comentário infeliz numa publicação sensacionalista e desrespeitosa de um site de notícias, por favor: não tenha filhos. Crie cachorros. Gatos. Papagaios. Porquinhos-da-índia. Há toda uma gama de animais de estimação que só estão por aí esperando uma bondosa alma que os dê amor e carinho. Animais não falam. Animais não contrariam seus donos, não contrariam sua religião, seus princípios, seus dogmas. Animais obedecem fielmente - e irracionalmente - seus donos. Creio que seja o tipo de companhia mais adequado à você. Ao contrário deles, filhos - sejam crianças, adolescentes ou adultos - tem opiniões, vontades, personalidades e vivências próprias. Eles não são marionetes movidos pelas mãos calejadas dos pais. Eles decepcionarão seus responsáveis. Mais de uma vez. Mais de duas. Eu provavelmente já decepcionei os meus inúmeras vezes. Você também já fez isso. Os meus pais e os seus provavelmente o fizeram também. Porque eles são humanos - feitos da mesma carne e do mesmo sangue que eu e você. É necessário muito esforço para lidar com isso, eu posso imaginar. Não deve ser nem um pouco fácil. Mas você não pode condenar uma pessoa a uma vida de repressão e infelicidade só porque você não sabe lidar com isso. 
Então, por favor, não tenha filhos. E tenha um pouco mais de amor em seu coração - e respeito também, principalmente respeito. 

Batalha de Looks - Resultado!


Oi gente! :-) Hoje vim *revelar* pra vocês quem foi a ganhadora da Batalha de Looks, que se encerrou no dia vinte. Já era pra ter publicado o resultado ontem, mas tive um probleminha com meu notebook :c Enfim... Quero agradecer às participantes e dizer que gostei de todos os looks que recebi, mas infelizmente precisava escolher um só. Todas vocês são lindas e únicas em seus estilos ;) 



1. Dayanna Amancio - blog | instagram
2. Elen Alves - blog | instagram
3. Barbara Lopes - blog | instagram
4. Thayse Stein - blog | instagram
5. Scarlet Samara - blog
6. Mariana Lima - instagram 

Vocês arrasaram, mesmo! Não esperava receber looks tão lindos, de blogueiras ótimas. E a vencedora foi... 


A Mariana Lima! Que mandou dois looks lindos mas esse all black fez meu coração bater mais forte :D Uma tattoo choker vai completar perfeitamente esse look, né?

Parabéns Mari! Um presentinho de Natal pra você ;) Estou entrando em contato contigo por e-mail para pegar teus dados. 

Não deixem de visitar os blogs das outras participantes! E de conferir os produtos da Cookie Plushie, que graças à parceria, foi possível fazer essa Batalha. Espero que vocês tenham gostado e um feliz natal à todos! :D

OOTD: Vestido Preto


Oi gente :D Fazia tempo que eu não publicava um look que havia usado no mesmo dia, porque geralmente fotografo os looks que uso no fim de semana e posto durante a semana, né. Mas agora que tô de férias todo dia é fim de semana hahah E aproveitando que eu saí hoje e o clima estava bem agradável, pude estrear esse vestido que estava há séculos entre os meus desejos e finalmente é meu <3 Amei tudo nele, o modelo, o acabamento perfeito, o comprimento logo acima do joelho... Sem contar a graça que essa golinha branca é <3 

Como o tecido dele é mais encorpado, não rola usar sob o sol de quarenta graus, mas como ontem choveu e hoje estava fresquinho, pude usar. Ele já é acinturado, mas sei lá, eu amo botar cinto nos vestidos e pus nesse também HAHA E pra completar, óculos redondinho e creeper com spikes. E eu sendo ~trevosa~ até no verão, huhaahus








Vestido: Oasáp | Creeper: Lovely Shoes | Tattoo Choker: Aliexpress | Óculos: Romwe

Deem hype no lookbook!
De acessórios, só a tattoo choker nunca mais vista fora do meu pescoço, anel de cruz que tá meio tortinho huahuas e o anel do humor e o brinco de cruz da Cookie Plushie. Eu raramente uso brincos, mas esse de cruz é tão lindo que merece ser usado bastante. Minhas unhas quebraram, então adeus stiletto por algumas semanas :(( Me sinto estranha sem elas agora, mas tudo bem, vou esperar que cresçam para fazer de novo. Ah, e amanhã de noite sai o resultado da Batalha de Looks por aqui :D Espero que tenham gostado do post, não esqueçam de comentar. 

Sunday with Love


Mais um domingão e mais um Sunday with Love por aqui! Essa semana eu consegui recuperar o ritmo de postagens por aqui, entrei de férias e tô feliz da vida. Teve um montão de posts interessantes do pessoal que participa do Divas(os), que aliás, tem crescido muito ultimamente e é definitivamente o melhor grupo da blogosfera :D Então, segue abaixo meus posts preferidos dessa semana:


Ah, como eu gosto desse tipo de post <3 Chega dessa ideia de que moda alternativa é só pra adolescentes e que pra ser um adulto respeitável você precisa se vestir de forma conservadora. Tudo é questão de bom senso e de saber se adaptar. Esse post tem várias inspirações bacanas e o melhor de tudo, as dicas da Carolina que escreve super bem. 


Esse filme é excelente! Assisti já faz um tempão e até já indiquei aqui no blog (nesse post). Se você ainda não viu, corre lá para conferir o post da Vitória e depois assistir ;)


Eu não gosto de coisas muito coloridas, e isso inclui maquiagem. A Camila, que também usa mais preto do que qualquer outra cor, me surpreendeu com essa maquiagem lindíssima usando tons de vermelho, laranja e rosa. O resultado ficou incrível e não perdeu a essência dela. 


Textinho da Julia que resume bem essa vibe atual da internet: onde as pessoas se sentem poderosas por estarem atrás de uma máquina e assim, se sentem livres para despejar tanto ódio, violência e desrespeito na web. Também é um "sacode" pra gente entender que não dá pra perder tempo demais conectado, quando há coisas tão legais para se fazer no mundo real. 

Então é isso, pessoal. Espero que vocês tenham gostado dos posts que eu selecionei e possam tirar um tempinho para visitá-los, vai valer a pena ^^ 

Wishlist: Peças de "Street Style" na Style Moi


Eu adoro street style. Toda essa mistura de referências e toda essa expressão de personalidade que o estilo de pessoas "comuns" pode ter. Aqui no Brasil a moda ainda é muito limitada e muita gente não se importa com isso, mas cada vez mais nós vemos estilos incríveis pelas ruas. É interessante que tudo isso venha primeiro das ruas, influenciando grandes marcas, e não ao contrário, como costumava ser antigamente. 

Em sites como o lookbook.nu é possível acompanhar muitas fotos de street style. Claro que, para quem está familiarizado com este ou outros sites, algumas peças vão se destacando e marcando presença nos mais variados estilos. Como é o caso do Hot Pants, que há alguns anos se mantém em voga, os cropped tops, muscle tee e mais atualmente, muitas referências noventintas. Essas peças também acabam se tornando itens de desejo de muita gente, já que mesmo se tornando mais populares, ainda é complicado encontrar peças bonitas e variadas nas lojas físicas, principalmente para quem não mora nas capitais. Unindo essas duas coisas, trouxe uma wishlist só com peças que tem marcado presença no street style atual, na loja Style Moi

Para quem não conhece a loja, a Style Moi é uma loja online gringa, com frete grátis e uma variedade imensa de peças, de todos os estilos. O pagamento pode ser feito por Paypal ou cartão de crédito. 


1. Short Destroyed $19,99
2. Cropped Pizza $19,95
3. Short Destroyed $25,51
5. Top Cropped $27,99
7. Jeans Destroyed $29,99

Fiquei morrendo de amores pelas camisetas e regatas do site, tem muitas estampas lindas, inclusive a número 4 da montagem está na minha lista de compras <3 Também dá pra encontrar muitas opções de shorts e saias na loja. 

E vocês, o que acharam? Gostaram da wishlist e da loja? Pra vocês, que peça mais tem marcado presença no street style aqui do Brasil? 

TWWD: Cropped


Oi gente :D Olhem quem ~de novo~ está usando cropped com short? uhduadh Para quem tinha ressalvas quanto à essa combinação, até que estou usando bastante. Esse cropped é novo e é da Oasáp, ele é bem simples, como uma camiseta cortada mesmo. Tem de várias cores, mas eu gosto bastante de cinza e escolhi essa. O The Way We Dress desse mês demorou um pouquinho pra sair, mas saiu. Tão estranho pensar que é o último do ano, depois de tantos que eu e a meninas fizemos. Enfim, ano que vem teremos mais :D 

Combinei o cropped com esse short de poás que fazia uma eternidade que não aparecia por aqui, e creepers vermelho/bordô. No fim das contas não gostei muito das fotos, mas a vida é curta demais pra se lamentar, né? ahudhuasduah 












Cropped: Oasáp | Short: Marisa | Colar, Anel do Humor e Pulseira Tattoo: Cookie Plushie | Brinco: Oasáp | Meias: Oasáp 

Deem hype no lookbook! 

O look ficou simples, mas cheio de acessórios bacanas. O brinco de gatinho (que completa o corpinho atrás da orelha) é da Oasáp também, assim como as meias de renda que eu fiquei procrastinando um século para pedir, mas são fofinhas demais. Aliás, na loja tem um monte de modelos de meias legais, desde essas rendadas até estampadas. O anel do humor - sim! - é da Cookie Plushie, e ele realmente muda de cor, é muito legal. Lembro de ter tido um desses quando era criança ainda, que nostalgia ter de novo. O colar de duas voltas e a pulseira tattoo também são de lá, e leitores aqui do blog tem 15% de desconto na loja utilizando o código chanelfk :3 O batom é o 65 da Vult, um vermelho bem aberto que já resenhei aqui

Não esqueçam de conferir os looks das outras meninas! ;)


Espero que tenham gostado <3