Os 10 Mandamentos do Guarda-Roupa Inteligente


Que atire a primeira pedra quem nunca foi convidado para uma ocasião e sem hesitar proclamou a famigerada frase "eu não tenho roupa!". Roupa todos nós temos (ou você anda peladão por ai?) e na maioria das vezes, temos muito além do que realmente precisamos. Então porque sempre parece que falta alguma coisa ou que não temos roupa para ocasiões especiais? Porque não fazemos escolhas inteligentes. Porque compramos roupas por impulso, que acabam só ocupando espaço e não saindo do armário. E por mais uma infinidade de motivos que vocês podem imaginar, certo? Mas hoje resolvi criar uma mini listinha com algumas dicas a se pensar na hora de sair comprando por aí. Elas funcionam pra mim e espero que funcionem pra vocês também :D 

10. Compreenda seu estilo - o que te agrada?
Entenda os elementos que te agradam. Entenda que roupas transmitem coisas - entenda quem você é para saber o que você quer passar ao se vestir. E quando eu falo em estilo, não é se enquadrar em perfis pré-estabelecidos. Não temos mais oito anos, certo? Temos uma liberdade imensa de escolhas e podemos fazê-las de forma mais inteligente se nos entendermos, e assim, entendermos do que gostamos. 

9. Saiba quais peças evita usar e porquê
Até uns dois anos atrás eu não tinha nenhuma saia ou vestido no guarda-roupa. Hoje em dia adoro eles e uso bastante. O problema era o não saber usar, com o que, de que forma. Pra resolver isso, busque inspirações que lhe agradem. Não é para "copiar" os outros, mas sim perceber novas formas de usar as peças e usá-las com seu estilo, imprimindo a sua cara. Agora, existem pessoas que simplesmente não gostam de usar determinada peça. Se você definitivamente não usa saia, pra quê gastar numa bonitinha que você sabe que vai ficar parada no guarda-roupa? Invista no que for realmente usar

8. Não compre por impulso ou pelos descontos
Sabe aquela famosa "voltinha" no shopping para olhar as lojas? É aí que mora a tentação. Se você não tem intenção de comprar e não precisa de nada, não compre. Sempre quando as estações mudam, as lojas começam a anunciar descontos. Além de alguns descontos serem totalmente fakes (as lojas aumentam os preços antes para depois poderem anunciar enormes vantagens) as roupas que sobram geralmente tem pouca variedade de tamanhos, muitas tem algum defeito ou são datadas - sabe aquela peça ~tendência da estação~ que realmente fica a cara da estação e no ano seguinte ninguém aguenta mais ver? Pois é... Mas é claro que dá pra encontrar peças bacanas por preços mais bacanas ainda, basta ter paciência e procurar.

7. Faça wishlists e pense no que você precisa
Fazer listinhas com as peças que você precisa ou quer comprar ajuda muito a manter o foco. Se você tem um guarda-roupa cheio de camisetas, dificilmente precisará de mais algumas, mesmo que seus olhem sempre brilhem ao se deparar com estampas legais. Saiba o que você quer comprar e pesquise modelos e valores. Vale a pena comprar em alguns sites da China peças com precinhos bem bacanas que são revendidos em lojas por preços exorbitantes (como é o caso da blusinha de renda guipir facilmente encontrada online por menos de $30, mas vendida em lojas ~finas~ com a mesma qualidade e custando quase 200 dilmas). 

6. Compre aos poucos e não tudo no mesmo dia
Quando eu era mais nova tinha a mania de guardar todo o dinheiro para fazer compras num único dia, ao invés de ir gastando com o tempo. Percebi que não havia vantagem alguma nisso, meus gostos e desejos mudavam rápido e eu acabava comprando coisas que não queria só pelo impulso de gastar logo toda a grana. É mais inteligente saber o que você quer e pesquisar nas lojas, comprar a medida que encontra as peças que deseja e não pelo impulso de comprar.


5. Organize seu espaço e tenha consciência do que possui
Sabe quando a gente arruma o guarda-roupa e acaba encontrando uma peça amassada e perdida no meio de tantas outras? Se mantivéssemos ele arrumado, isso não aconteceria. Um espaço organizado permite visualizar mais rapidamente o que você tem e assim, usufruir melhor de suas roupas e fazer mais combinações. Também é válido organizar o guarda-roupa de acordo com a estação mais quente ou mais fria, deixando as roupas de frio mais a vista no inverno e as de verão nos lugares mais "escondidos" e vice-versa.

4. Comece pelo básico 
Existem peças que passeiam pelos mais diversos estilos e que combinam com uma infinidade de coisas. É o caso das camisas brancas, jaquetas de couro, jeans escuro/sem lavagem, blazer, vestido preto... São peças a se pensar e investir. 

3. Invista em acessórios
Tem para todos os gostos e bolsos e são capazes de mudar um look rapidamente. Mesmo assim, algumas pessoas não tem o hábito de investir neles, o que é uma pena. Também vale sair da zona de conforto e investir em acessórios mais diferentes, como chapéus, lenços e sair do básico, apostar nas cores e estampas. 

2. As roupas devem chegar e sair também
Se você não usou uma peça de roupa durante o ano inteiro, dificilmente irá usá-la de novo. Doar as roupas que não usa mais ajuda muita gente e abre espaço no guarda-roupa. Se você tem peças novas ou quase novas que não usou, também é uma boa fazer trocas, vender online ou para brechós ou até fazer um bazar com as amigas. Assim você otimiza seu espaço, ganha uma graninha extra e ainda pode pensar em comprar alguma coisa que falte. 


1. Saiba quando prezar pela qualidade 
Quando não se tem muita grana para fazer compras, o ideal é fazer uma listinha com peças básicas (veja número 4) e necessárias para qualquer guarda-roupa, aquelas peças que geralmente são mais caras porque tem maior qualidade, e que são bem necessárias. Não vale a pena comprar um casaco de frio que parece descartável, certo? Invista mais em peças que durarão um bom tempo. Agora, se o seu foco são roupas que estão ~na moda~, como alguma estampa específica ou recorte diferente, não vale a pena investir tanto dinheiro se a peça em pouco tempo cairá em desuso, né? Aí que entram as lojas de departamento, lojas baratinhas e compras da China. 

Ufa! Então é isso, né? Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, e por favor, se eu esqueci de alguma coisa ou se vocês tem alguma dica para acrescentar, não deixem de fazer um comentário, será muito bem-vindo! :D

Resenha: Máscara para Cílios Extra Volume da Vult


Ei gente! Hoje trago pra vocês a resenha dessa Máscara para Cílios que já uso há bastante tempo. É minha máscara para o dia-a-dia e como uso bastante, acaba rápido e já estou na quarta ou quinta embalagem rs Continuem lendo para saber mais sobre o produto. 


Ela não é a prova d'água e isso é um ponto positivo pra mim. Porque? Porque sou preguiçosa demais e detesto máscara que não sai por nada, como as da Maybelline. Essa da Vult não escorre, não borra mas é fácil de remover no fim do dia. Gosto que realmente fica bem pretinha nos olhos. 


O aplicador é simples, com cerdas curtas mas bem cheinhas. Acumula muito produto na ponta, que é a parte que normalmente se usa nos cílios inferiores e isso é ruim porque geralmente borra ou vai produto demais. 


                              SEM | COM UMA CAMADA

Não usei curvex em nenhuma das fotos. Meu cílios são curtinhos e um pouco clarinhos, e não tem curvatura nenhuma. Essa máscara não empelota nos cílios e faz um serviço bem legal. 


                                 SEM | COM DUAS CAMADAS

O mais engraçado da Extra Volume é que, ok, ela deixa os cílios mais 'encorpados', mas o principal fator que se nota é que alonga mais os cílios. E o bacana é que, pela fórmula possuir fibra, dá pra escolher a intensidade que tu quer, porque realmente dá pra passar muitas camadas e deixar os cílios mega montados, mas eu já não curto esse visual. 

O que realmente não gosto é de usá-la nos cílios inferiores. Geralmente borra ou não pinta direito. Para eles, prefiro a Máscara da Verídica It que resenhei nesse post aqui.

O preço dela varia, mas sempre paguei entre R$15 e R$20. Na minha opinião, vale a pena. 

E vocês, já usaram ela? Ficaram com vontade de testar ou não? Me contem nos comentários! <3

Onde Comprar Coturnos e Creepers?


Mesmo que cada vez mais popularizados no Brasil e na moda em geral, em alguns lugares ainda é difícil encontrar coturnos e creepers para vender. Frenquentemente leitores me perguntam onde podem comprar um desses calçados, e pensando nisso, resolvi fazer um post com dicas de calçados e as respectivas lojas para comprar. Dei preferência às lojas nacionais, mas coloquei algumas opções online da gringa também para quem preferir. 

1. Coturnos
1.1 Pretinho Básico


O preto é essencial, né? Sempre aconselho a comprar um preto, e depois, se quiser e puder, investir num colorido ou estampado. O coturno preto é ultra básico e combina com uma porção de coisas. Meu modelo preferido é esse mais pesadão no maior estilo Combat Boots, esses mais molinhos e que viram a 'aba' são os mais fáceis de serem encontrados por aqui, mas já não os acho tão bonitos. 

2. Cravo e Canela R$204,90
4. Cravo e Canela R$259,90
6. Braddock na Dafiti R$249,90
8. Vilela Boots R$175,00

E encontrei mais um modelo bonitão da Qix que não entrou na montagem, mas o link correspondente é esse aqui. Coloquei esse coturno de cano alto lindíssimo na montagem que é meu sonho de consumo, adoro coturnos de cano alto. Para quem também procura um modelo assim, aconselho ver os outros da Vilela Boots. Nunca comprei na loja mas conheço várias pessoas que sim e ela é super confiável, conheço desde a época do orkut :p As outras já são lojas mais conhecidas e algumas, como a Katy, tem loja física também. O bom de marcas como Cravo e Canela e Qix é que são fáceis de achar numa porção de lojas especializadas em sapatos. 

1.2 Estampados e/ou Coloridos


2. Cravo e Canela R$184,90
6. Coturno Floral Qix R$209,00

Também achei um bordô e com estampa de cobra da C&C, nesse link aqui. Preciso dizer que nunca tinha visto esse prateado e caí de amores, foi meu preferido de todos. O de onça também é lindo, adoro essa estampa. Eu tenho um coturno azul da Cravo e Canela também, que usei nesse look aqui, mas não achei link dele pra vender. 

2. Creepers
2.1 Pretinho Básico



Os basicões foram os mais difíceis de serem encontrados! O primeiro e o quarto foram meus preferidos, mas o 3 está com um preço ótimo. Eu tenho um preto bem normalzinho que comprei na Paquetá, recomendo dar uma olhada na loja. A Renner tinha alguns modelos uma vez, mas nunca mais vi pra vender na loja.  

2.2 Coloridos e/ou Estampados



Essa Marie Cherry é uma loja que trabalha com importados, mas todos esses que listei eles já tem em estoque. Esse floral é lindo demais mas meus preferidos são o de leopardo e o roxo :D 

3. Comprar Online em Sites Estrangeiros


1. Creeper Preto na Chicwish $53,47
2. Creeper P&B na Chicwish $53,47
3. Creeper Geométrico na Chicwish $56,02
4. Creeper Galaxy na Chicwish $56,02
7. Coturno Vinho na Chicwish $59,42
8. Coturno Preto na Chicwish $59,42

Esse creeper preto da Chicwish é igual ao vermelho que eu tenho, look com ele aqui. O número 6 eu também tenho, aqui tem look ele. A Chicwish tem frete grátis, a Romwe cobra abaixo de $20 e a Lovely Shoes sempre cobra. Esse coturno vinho está na minha wishlist, lindo de morrer <3 O número 5 eu pedi pra mim mas ainda não chegou, acho que ainda vai demorar por motivos de: correios do Brasil. Também vale dar uma procurada no Aliexpress e no Ebay

Eu também sempre aconselho a procurar lojas de rock na sua cidade ou nas cidades próximas, essas lojas geralmente tem modelos legais de coturnos e creepers. :D 

Bom, então é isso! Espero que vocês tenham gostado e que ajude a achar algum modelo legal ^^ 

Cherry Print


A estampa de cereja é um clássico: remete às pin ups e carrega. geralmente, um toque retrô. Nunca sai de moda, embora volta e meia ganhe status de tendência. Ultimamente tenho visto muito dessa estampa em lojas online, predominando sempre as clássicas cores preto, branco e vermelho, em peças bem femininas e acinturadas, como é o caso das saias midi. 


É uma estampa muito fácil de combinar: basta coordenar as cores, combinar com peças lisas ou até arriscar um mix de estampas - com xadrez fica bem bonito. Nas peças únicas, como vestidos e macaquinhos, fica ainda mais fácil: só escolher o sapato e a bolsa e pronto. Acessórios vermelhos sempre vão bem. 


Tenho visto muitas saias midi com essa estampa nas lojas online. O comprimento dessa saia já é retrô, unido a essa estampa fica ainda mais. Combinado com uma blusinha lisa e sapatilha fica ótimo para o dia-a-dia. 


Misturar estampas com o cherry print não é difícil, porque as cores são fáceis de serem combinadas. Usar peças com diferentes tamanhos de estampas fica muito bonito :D Na última foto vemos a estampa sendo usada no street style do Japão ^-^


Os acessórios também marcam presença! Encontrei milhares de colares de cereja pesquisando na internet, desde os mais simples e delicadinhos como esse da foto aos mais chamativos e exagerados. 


E pelo menos pra mim, é impossível falar sobre estampa de cereja sem lembrar dos corsets, corselets e corpetes com essa estampa. São lindos e um grande desejo meu =) 

Fiz uma montagem com roupas de lojas onlines e seus respectivos links e preços, confiram só:


1. Sweater Preto na Lovely Shoes $16,57 | 2. Saia Midi na Romwe $22,90 | 3. Top Cropped na Oasáp $19,90 | 4. Moletom Azul na Romwe $19,99 | 5. Top na Romwe $21,99 | 6. Alpargata na Oasáp $31,90 | 7. Short Jeans na Choies $39,99 | 8. Vestido na She Inside $19,67 | 9. Brinco na She Inside $5,46 | 10. Vestido Branco  na Chicwish $128,85 | 11.  Vestido Preto na Chicwish $136,67

Muita coisa bacana, né? O top cropped está na minha wishlist, achei uma gracinha. 

Então é isso, gente <3 Espero que vocês tenham gostado do post. Vocês costumam usar a cherry print ou não curtem muito? Comentem!

ps.: Não esqueçam de participar do sorteio que foi lançado aqui ontem! :D

Sorteio: Vale Compras de $15 na Dress Lily! - ENCERRADO


Oi gente! :D A loja Dress Lily ofereceu um vale compras de $15 doláres no site! O frete é grátis e o ganhador pode escolher qualquer produto/s dentro desse valor! O vale pode parecer pouco dinheiro, mas como a loja tem peças super baratinhas dá pra escolher algo bem legal, inclusive fiz uma montagem bem tosquinha só pra mostrar pra vocês alguns produtos, todos abaixo de $15! Confiram abaixo: 


Vestido de Renda $14,20 | Camiseta Batman $10,74 | Legging de Couro Fake $8,22 | Anel de Cervo $2,29 | Bolsa Verde $10,08 | Vestido Mullet $11,17 | Bolsa de Gato $12,42  | Saia Jeans $14,58 | Colar Tsuru $4,67 | Short de Cintura Alta $13,60

Lindas peças, né? E no site tem muito mais coisa legal pra fuçar >^.^< Enfim, vamos às regras do sorteio: 

>>> Comentar nesse post com os links das peças que você escolheu e seu e-mail para contato. Pode ser mais de uma peça, desde que a soma não ultrapasse os $15. 
>>> Curtir a fanpage da Dress Lily (link aqui)
>>> Curtir a fanpage do Chanel Fake (link aqui)

O sorteio vai durar até o dia 5 de Setembro. Participem! :D 

Resenha: Corretivo Líquido da Natura Faces


Vocês já devem ter percebido que eu tenho olheiras terríveis, certo? Isso é uma das coisas que mais me incomoda na minha aparência e pelo mesmo motivo, o corretivo é um dos itens essenciais de maquiagem pra mim. Já testei vários, de várias marcas, e sempre estou buscando testar novos. Até que um dia me deparei com uma resenha desse da Natura Faces lá no blog da Sandila, o Nox et Lux. Como ela o elogiou bastante, na mesma semana já pedi um pra mim e depois de usar muito, vim aqui resenhar pra vocês. 


Na primeira foto dá pra ver que já está faltando um pouco de corretivo na embalagem, mas é porque eu uso todos os dias mesmo! A embalagem é super pequenininha, tem 10ml e cabe na palma da mão. Tem bico dosador e é bem prática. 


Com essa quantidade eu cubro uma olheira e ainda sobra! Ele é muito consistente e caso você queira uma maior cobertura, é só passar uma vez, esperar secar uns segundinhos e aplicar uma segunda camada. Faço isso pra sair à noite =) 

Quando ele é aplicado na pele, fica um efeito mais 'iluminado' na área que algumas pessoas podem não gostar, mas não tive nenhum problema com isso. Além do mais, é só passar um pouquinho de pó compacto por cima que some completamente esse efeito. 


SEM | COM 

E eis a foto. Minhas olheiras não são fruto de noites mal dormidas: na verdade eu durmo muito bem e elas existem por fatores genéticos e problemas respiratórios que eu tenho. Já me conformei que elas não desaparecerão e ó, até que estamos convivendo bem. Mas sem brincadeiras - esse corretivo foi o que chegou mais perto de cobri-las perfeitamente. No primeiro olho estou apenas com a base líquida da Vult (resenha aqui) e no segundo só com uma camada fina de corretivo por cima da base. A diferença é notável, né?


E aqui uma foto com make completa: corretivo nos dois olhos e pó compacto por cima. A luz artificial não é a melhor opção pra fazer resenha de corretivo porque sempre fica uma sombra abaixo do olho, mas eu juro que na luz natural não fica nadinha. :p

O preço do corretivo também é bem bacana: R$14,80 na revistinha da Natura. Foi completamente aprovado! o/ O meu é na cor clara, e deu certinho no meu tom de pele. 

Então é isso gente, vocês já testaram esse corretivo? Espero que tenham gostado da resenha, não esqueçam de comentar <3

Gypsy


Que a moda é um constante ciclo de releituras e revivais, a maioria de vocês já sabe. Se o gypsy, que esteve muito em alta no começo dos anos 2000 depois caiu no esquecimento, parece que agora é hora de voltar de vez. 

As inspirações são maxis: maxi brincos, mistura de anéis, mix de pulseiras grandes e barulhentas. Os materiais geralmente são coisas que a natureza dá pra gente contas, pedras, prata e cordões. Como os ciganos acreditavam que a melhor forma de guardar suas coisas era levando-as consigo, vemos muitas misturas de acessórios e em grandes quantidades. 


Acessórios místicos e simbólicos também tem espaço. E o gypsy também trouxe os anéis e cordões de pedras que vemos muito em sites como weheartit e tumblr

Típico de lugares com clima mais quente, a overdose de acessórios dá um toque mais pessoal para as roupas curtas, leves e simples mais comuns às estações mais quentes.


O gypsy lembra muito o estilo boho, tão comentado por blogs e sites de moda, embora o primeiro seja muito mais antigo. 


Nas cores, verde água, azul turquesa e lilás aparecem com frequência. Vermelho, branco e preto também aparecem em menores quantidades.


Os anéis-pulseiras e os braceletes de metal também remetem ao gypsy. O primeiro teve um reaparecimento na moda entre 2011-2013, e mesmo que não tenha pegado muito no Brasil, continua sendo um acessório bastante utilizado lá fora. 


Para atualizar, um mix mais discreto de acessórios e muitos anéis, misturando grandes e pequenos. Esse exagero todo não me agrada muito, mas mesmo o gypsy sendo bem diferente do meu estilo, gosto de alguns elementos, como os anéis e colares de pedra já citados. O mais interessante disso tudo é poder misturar referências e levar para o seu estilo pessoal aquilo que lhe agrada. 

E vocês, gostam dos acessórios gypsy? Costumam se inspirar nesse estilo? Não deixem de comentar! <3

Eu Escrevo


Eu escrevo. Escrevo porque a escrita faz parte de mim e é por meio dela que eu sou, que eu existo, que me faço presente aqui. Irônico como conhecemos tão bem alguém com quem só temos contato virtual, através da expressão de palavras, né? Vocês aqui, que leem esse blog, provavelmente conhecem muito de mim - querendo ou não.

Se uma imagem vale mais que mil palavras eu não sei, mas o valor de algumas frases enfim saindo de uma mente sufocada... ah, isso eu sei. Escrevo porque escrever é esvair-se, escrever é esvaziar-se, pôr em letras, pontos, vírgulas e inúmeros parágrafos o que não pode, não deve ou não consegue-se dizer. Escrever é dizer o que nunca foi dito. Escrever é dizer mil vezes - gravar no universo o que precisa ser dito, para sempre. Assim, sem borracha, sem consertar os erros.

Sempre tive uma certa pena daqueles que "não conseguem" escrever. Jamais saberão o alívio que é preencher uma página até o fim com a mão doendo pelo cansaço de escrever rápido demais. Jamais saberão o que é levantar-se no meio da noite e, cambaleando, procurar o caderno mais próximo para escrever qualquer frase que tenha vindo à mente no momento em que se estava quase dormindo - e na manhã seguinte não entender nada dos rabiscos inteligíveis feitos às pressas em meia luz. Jamais saberão eles o que é simplesmente escrever, sem se atentar as regras ou a algum assunto específico exigido por algum professor ou tarefa. Porque escrever é se libertar. Escrever é estar livre, puramente. E escrever também é tortuoso (veja só a ambiguidade) - a forma com que nos esforçamos para encontrar as palavras certas e no final sempre acabamos escolhendo as erradas mesmo. E talvez essas palavras erradas, essas vírgulas postas nos lugares errados e esses errinhos gramaticais que, por mais que nos esforçamos não deixamos de cometer, também façam parte de nós. Como algum código gravado em nosso dna. Como um carma do qual, por mais que nos esforcemos, ainda se farão presentes no momento em que a vigilância adormeça. E porque esse medo de se permitir escrever, então? Assuma seus erros. Assuma seus vícios - assuma suas próprias palavras. A perfeição leva tempo e na maioria das vezes não chega - embora seja essencial buscá-la. Não há problema algum com a sua forma de escrever. O problema talvez esteja em não fazê-lo: permita-se.

Meu Look: Vestido de Renda


Oi gente! :-) O look de hoje é com uma peça que recebi já faz um tempinho: esse vestido rendado bordô, super delicado. Pedi na intenção de usar mais para sair a noite, mas achei a peça versátil e até rola usar de dia com complementos mais casuais. A cor é muito bonita, mas como eu sempre prefiro preto mesmo, combinei com as outras peças nessa cor. 

Ele tem o modelo que eu gosto, acinturadinho e com a saia mais aberta. O cinto preto veio junto e as mangas são 3/4 ;) É da loja Dress Lily, a mesma daquele colar bonitão que apareceu no último TWWD. Ficaria mais bonito com uma meia-calça fina, mas como o dia estava frio tive que apelar pra grossa mesmo :p












Vestido: Dress Lily (em promoção!) | Jaqueta: Marisa | Bota: Mart Of China | Anel de Olho: SammyDress

Deem hype no lookbook!

Bom, espero que tenham gostado do look! :D Não esqueçam de comentar aí embaixo ^^ 

Playlist da Semana


Hoje resolvi fazer uma playlist pra começar bem a segunda-feira. Sem novidades nessa aqui, apenas bandas que gosto e que estou ouvindo muito ultimamente. Disturbed é uma que fez parte do começo da minha adolescência, eu ouvia muito e depois fui esquecendo. Bateu saudade e agora estou "relembrando" algumas músicas. Espero que gostem das minhas escolhidas pra hoje <3



Então é isso :D Não deixem de voltar aqui amanhã que terá post novo :*

Instagram da Semana


Ei gente! :D Postando super tarde o Instagram da Semana por motivos de: ontem ganhei uma festa surpresa lindíssima de aniversário <3 E só tenho a agradecer todos que participaram :D Essa semana comecei a ler A Metamorfose do Kafka que peguei na biblioteca pública e estou gostando muito. A legging do yin yang é da Chicnova e apareceu num look aqui na sexta-feira. Esse quadrinho do Manson foi meu pai quem fez pra mim e eu adorei! :D A última foto é do Gasômetro em PoA. Se quiserem me seguir e acompanhar mais fotos e em tempo real, meu user é: 



Não esqueçam de passar por aqui amanhã <3