Meu Look: Short Floral e Bolsa de Coruja


Ei gente! Finalmente chegou aqui em casa um pacote da Lovely Shoes que aguardei ansiosamente. Essa bolsa de coruja foi amor à primeira vista no site, eu procurava uma bolsa pequena e marrom e me deparei com essa que é tão gracinha :D O short floral baratíssimo também é de lá. 

Vocês, por favor, ignorem minha cara terrível nas fotos, provavelmente acordei de pá virada nesse dia HSDHUDHUS Quis misturar o floral com as listras e depois de usar o look cheguei a conclusão de que não gostei tanto assim. Mas enfim, é a vida, né? Reparei nos meus looks mais antigos em que eu variava um pouco mais nos calçados do que só creeper/coturno e coloquei esse slipper pra passear, há tempos que ele não via a luz do dia. No final das contas, teria preferido esse look com um creeper :p 








Sweater: Lovely Shoes | Jaqueta: Marisa | Short: Lovely Shoes | Bolsa: Lovely Shoes | Slipper: Moleca | Cordão: Recanto Roots 

Deem hype no lookbook!

Não gostei muito desse short em looks invernais, porque ele tem o tecido bem fininho e uma tremenda cara de verão, achei que não combinou muito com sweater e meia. Ele tem forrinho por dentro, cintura alta e a qualidade não é das melhores mas pelo custo/benefício tá bom. Da bolsa não tenho nada do que reclamar, achei linda, tem dois compartimentos dentro e um atrás, do lado de fora. É pequeninha, perfeita pra quem carrega poucas coisas. Tem de várias cores no site mas só gostei da marrom mesmo :p 

Espero que vocês tenham gostado do look, não deixem de comentar aí embaixo ^^ E ah, as inscrições para o sorteio do cardigã de crochet se encerram hoje! Não deixem de participar. 

Sandálias Birkenstock


Eu acho tão engraçado de se ver quando algo que obviamente não agrada à maioria vira ~tendência~ e as pessoas se esforçam para gostar só por isso. É exatamente o que tem acontecido com as Birkenstock pelos blogs de moda a fora. Esse rebuliço todo porque parece que as sandalinhas de jesus (só eu que as conhecia assim? kk) ganharam status fashion. 

As Birkenstock (eita nomezinho difícil) são de marca alemã, tem solado de cortiça e são anatômicas. Já existiram nas mais diversas cores e até estampadas, mas parece que nessa onda de minimalismo só as pretas e brancas mais normais emplacaram. 

E cês podem me julgar a vontade, mas eu realmente acho o visual delas bem simpático. Não peguei a época em que foram moda (sou novinha gente) e nunca experimentei uma, mas o que dizem é que são extremamente confortáveis - e seria ótimo se fossem baratas também, mas aí já não sei. Separei alguns looks com ela pra que vocês vejam e formem opinião:






Elas vão bem com vários tipos de looks, mas os mais básicos e despojados me agradam mais. Essas "misturas" com saias, vestidos e peças mais elegantes definitivamente não me agradam, parece que perde a essência da coisa. Prefiro as pretas clássicas com duas tiras, a branca não me chama a atenção. Gostei muito com short e com calça jeans - principalmente se for larguinha naquela vibe boyfriend. Pra mim, são uma boa aposta para o verão, mesmo que eu não me dê muito bem com calçados abertos, essa sola 'anatômica' deve ser muito boa. Lá fora estão usando até com meia no frio, mas aí já é demais pra mim. 

Bom, agora eu quero saber de vocês se gostam dessas sandalinhas ~polêmicas~ ou se torcem o nariz. Comentem aí embaixo! :D

ps. Amanhã é o último dia para participar do sorteio do cardigã de crochet da Romwe! Não esqueçam de fazer suas inscrições. 

A Futilidade e o "boom" dos Blogs de Moda




Precisa?


Já faz tempo que a mídia em geral veicula campanhas publicitárias cada vez mais apelativas. Somos bombardeados todos os dias pelas milhares de coisas que não temos, mas que segundo os outros precisamos muito ter. Em que momento algumas coisas deixaram de ser o que queremos para se tornarem o que precisamos? 

Os blogs de moda, que começaram tão pessoais e principalmente, tão imparciais, estão fazendo um enorme desserviço. Basta abrir alguns desses portais de moda para se deparar em poucas linhas com tudo aquilo que você não tem mas precisa ter, porque afinal, como sobreviveríamos sem os itens "must have" de cada temporada? (risos)

 As blogueiras de moda começaram a ser supervalorizadas. Hoje em dia não importa se você estudou quatro, cinco ou seis anos numa faculdade de moda, fez curso técnico, corte e costura e o diabo a 4, o importante é ter váaaarias curtidas (compradas ou mendigadas) no facebook, postar publicidade não identificada como tal e falar que isso é "item tem que ter" da estação e que está "in love" com aquilo. Será que isso é realmente certo? 

Já disse milhares de vezes que não quero que o Chanel Fake seja ou venha a se tornar um "blog de moda". Não tenho a menor intenção de ditar regras e dizer o que as pessoas devem ou não vestir, fazer, pensar, até porque acho isso extremamente ultrapassado e muito chato. As regras da "vida real" já são objetivas demais pra ficarmos lotando nossa cabeça de regrinhas bestas como "tal coisa engorda e tal coisa emagrece". Esse é um espaço pessoal que eu tornei público na internet. Apenas isso. E de qualquer forma, ao criar um blog, todo mundo devia ter a consciência de que sua opinião pode influenciar os outros, e que talvez vá. Que tipo de influência você gostaria de exercer sobre os outros? 

Já temos campanhas publicitárias nos esmagando todos os dias com produtos inúteis e supérfluos que não precisamos, mas passamos a desejar. O sonho de algumas pessoas ainda é ter tal itbag ou tal sapato grifado. Não importa se essas peças caríssimas irão ou não combinar com suas roupas da Marisa e da Renner, mas como uma mulher pode viver sem ao menos uma bolsa Chanel? (risos) Seria ótimo se nós não estivéssemos ajudando a reproduzir esses valores e pensamentos. Seria ótimo para meninas de mais ou menos treze anos não se deparararem todos os dias com milhares de 'blogs de moda' ditando regras imutáveis sobre como elas devem se maquiar, se vestir e até se comportar para estar dentro de um padrão de beleza aceitável. Porque nós sabemos que meninas dessa faixa etária estão lendo nossos blogs. Nós sabemos que nosso conteúdo, enquanto público, pode ser lido por qualquer um. Seria realmente maravilhoso se nós pudéssemos dar apenas nossas opiniões, de maneira clara e objetiva mas sem tornar público como verdade absoluta o que é apenas isso, uma opinião pessoal

Deviam espalhar melhor por aí que ter estilo não é a mesma coisa que ser rica e poder comprar todas as tendências da estação de uma vez só. E que nem todos os itens "must have" podem preencher um cérebro vazio ou um espaço em branco no peito. Não há nada de errado em ter um blog de moda, de estilo, de beleza ou como queiram chamar. Muitas vezes o meu é rotulado dessa forma e eu nem me importo. O errado está em como algumas blogueiras se colocam - numa vitrine de ostentação onde os outros podem apenas olhar, porque suas condições financeiras não bancam o mesmo estilo de vida. Estamos cultuando pessoas ricas que enriquecem cada vez mais as custas da nossa admiração. E eu não preciso nem dizer o quão fútil e ridículo isso é, né? 

Só desejo que um dia a blogosfera se torne um pouco mais unida, que nós possamos ajudar umas as outras e não apenas competir por um "lugarzinho ao sol". Tem espaço pra todo mundo, desde que você não queira ser só mais uma cópia do que já existe por aí. 

Enfim, esse é só mais um desabafo que já estava em rascunho há tempos. Deixem a opinião de vocês nos comentários, quero saber o que pensam sobre isso (: 

Meu Look: Vestido com Gola Boneca


Oi gente :D Sei que a semana passada foi cheia de looks aqui no blog e eu não gosto de publicar quase que só isso, mas meus pacotes resolveram chegar na mesma época então ficaremos um tempo com looks constantes por aqui :p Entre um e outro eu sempre dou um jeito de publicar algo diferente para não ficar muito repetitivo, então não deixem de visitar o blog o/

O look de hoje é com esse vestidinho preto da Mart Of China, acinturado e com gola boneca (ou "peter pan") estampadinha. Ele é uma graça, tem mangas compridas mas é fininho e veste muito bem. Queria um desses há tempos =) Como agora está fazendo bastante frio por aqui, completei com meia-calça térmica (tem pelúcia por dentro e esquenta mais que uma calça), jaqueta de couro e coturno. 








Vestido: Mart Of China | Jaqueta: Marisa | Coturno: Beira-Rio | Óculos: Romwe


Deem hype no lookbook!

O batom é uma misturinha do Roxo Fluo Matte da Koloss e do Vamp da Avon. Uso mais do que cada um deles separado :D 

A Mart Of China vocês já conhecem, né? Ela já é parceira do blog há um certo tempo e adoro as roupas do site. O frete é pago, mas costuma ser barato como as roupas. Esse vestido custa menos de $15 no site e achei a qualidade bem boa. 

Bom, espero que vocês tenham gostado do look, não deixem de comentar aí embaixo <3

Instagram da Semana


Ei gente! Mais um instagram da semana por aqui e esse tá cheio de bicho :P Essa semana não foi muito movimentada e acabei não publicando muitas fotos, mas tudo bem. Terminei de ler A Revolução dos Bichos e gostei muito do livro :D Infelizmente foi minha última semana de férias e minhas aulas já começam na quinta-feira :~ O esmalte da semana foi o Quase para Sempre, da Avon, esse lilás clarinho da primeira linha. Se quiserem me seguir por lá e ver mais fotos, meu user é: 


Não deixem de dar uma passadinha pelo blog amanhã, vai ter look novo ^^ 

Meu Look: Saia Preta e Meia-Calça de Corações


Ei gente! Mais um look com peças que recebi da Oasáp, a saia preta e a meia-calça de corações. Eu já estava querendo uma meia dessas há tempos mas nunca encontrava aqui na minha cidade, achei no site por um preço bem bacana e pedi junto com a saia =) Ela é bem básica mas eu ainda não tinha uma e fazia falta, porque afinal eu gosto bastante de saias e preto é a cor que mais uso, né haha 

Combinei com a camisa jeans, uma combinação bem simples mas que eu adoro. O creeper de sempre nos pés e de acessório só o colar dourado de cervo por baixo da gola. A maioria das fotos foram tiradas no sol, então eu fiquei mais transparente que o normal, não se assustem por favor, sangue ainda corre em minhas veias HAHA Espero que cês gostem :D









Camisa: Renner | Saia: Oasáp (em promoção!) | Meia-calça: Oasáp | Creeper: Paquetá | Óculos: Oasáp | Colar: EFoxCity

Deem hype no lookbook!


Ah, essa saia tá em promoção na Oasáp por $9,90 e tem em várias cores, principalmente em tons pastel. Fiquei com vontade de pedir uma roxinha pra mim mas bá, eu tava precisando de uma preta mesmo. A única coisa que não gostei é que ela é um pouco transparente, mas como eu sempre uso um short por baixo não aparece nada, hahah Talvez eu mande pôr uma camada de forro na costureira para usar no verão, mas ainda não sei se será necessário. Espero que tenham gostado do post, não deixem de comentar! 

Filmes Assistidos Recentemente


Mais um post de filmes por aqui! Assisti até mais de cinco entre essa postagem e a última, mas só vou indicar os que mais me marcaram. Espero que vocês gostem das indicações e assistam ^^ 

1. Submarine


Eu já tinha ouvido falar de Submarine mas esqueci completamente da existência dele até ver um post no Hey Mew em que a Mellyna o marcava como um de seus filmes preferidos. Aproveitei a lembrança e a indicação para assisti-lo e o filme é realmente ótimo. Me lembrou um pouquinho a vibe de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (a vibe, não a história :P).


A história é centrada em Oliver, um adolescente que convive com os problemas e sentimentos típicos da adolescência. Ao mesmo tempo em que tenta consertar o casamento dos pais, Oliver lida com seu primeiro amor: Jordana, uma menina cuja mãe está sob ameaça de morte por causa de uma doença grave. O filme é muito bonito, não é uma história mirabolante nem muito impactante, mas é interessante e vale a pena ser assistido. Os sentimentos e a singularidade de cada personagem é algo bonito de se ver. O filme é baseado num livro homônimo. Para assistir online, clique aqui

2. Lilya Forever


Lilya é uma menina de dezesseis anos abandonada pela mãe que se muda para os EUA com seu novo namorado. Sem dinheiro, Lilya é obrigada a se mudar para um minúsculo apartamento que não tem luz nem aquecimento. Seu único amigo é o menino Volodya, que tem onze anos e foi expulso de casa pelo pai. Enganada pelo seu novo namorado, Andrei, que lhe promete tirá-la da União Soviética e conseguir-lhe emprego na Suécia, Lilya é vítima de tráfico sexual.  


É um filme forte, chocante e tortuoso do início ao fim. A sensação de impotência é absurda diante de todos os estupros a que Lilya é submetida, diariamente. Não é um filme para qualquer um, é impossível não se sensibilizar com ele e não pensar a respeito. Esse filme, inclusive, entrou na lista de 13 Filmes Perturbadores do site Oba Oba. Não acho que seja pra tanto - as cenas não são infundadas, não são apenas para chocar o telespectador. O filme é uma grande crítica ao sistema da União Soviética e sobretudo ao abandono de menores. A trilha sonora é excelente (inicia e termina com Rammstein) e para quem gosta do gênero, indico o filme. Entrou para a minha lista de preferidos. Para assistir online, clique aqui.

3. Melhor é Impossível


Melvin é um escritor de romances que tem toc, é sarcástsco, solitário e de difícil convívio. Ele implica com seu vizinho, um artista gay que tem um cachorrinho de estimação que não agrada muito à Melvin. Além dele, seu convívio se restringe a garçonete do restaurante em que come todos os dias. Após alguns incidentes, a vida dos três se une da forma que eles não imaginariam. 


Sem palavras pra dizer o quão bom esse filme é. Comédia romântica definitivamente não é meu gênero preferido de filmes, mas esse aqui superou qualquer expectativa. É tão leve, tão interessante e fácil de dar algumas risadas e até se emocionar com o decorrer da história também. Se eu só pudesse dizer uma coisa eu diria assistam por favor, vale a pena :D Para assistir online, clique aqui.

4. Geração Prozac 


Geração Prozac é baseado numa história real e num livro homônimo, conta a história de Elizabeth, uma jovem estudante de jornalismo em Harvard que tem depressão. Seus pais se separaram quando ela ainda era criança e Elizabeth culpa seu pai por abandoná-la. A psiquiatra lhe receita Prozac, que a faz sentir-se melhor tanto quanto a faz sentir-se alguém que ela não é.


Eu esperava um pouco mais desse filme, o título dá margem para se pensar em muita coisa que não foi abordada na obra, mas mesmo assim é um filme interessante. A narrativa de Elizabeth transparece a angústia de quem sofre com depressão e transtorno de personalidade borderline. Para assistir online, clique aqui

5. Deixa Ela Entrar


Oskar é um menino solitário de doze anos que sofre bullying na escola e não consegue reagir. Ele conhece Eli, uma menina nova em seu prédio que logo torna-se sua amiga. Paralelamente, uma série de assassinatos começa a acontecer nas proximidades. 


Sim, é um filme sobre vampiros, sim, eles são crianças e sim, esse filme é incrível. Essas crianças simplesmente brincam de atuar, a trama é instigante e a relação entre Oskar e Eli é linda de ser assistida. Esse filme também é baseado num livro homônimo, e existe um remake dos EUA chamado Deixe-me Entrar que não chega aos pés desse original. Eu assisti ao remake primeiro, sem nem saber que era remake, e não gostei muito. Esse aqui é mil vezes melhor. Para assistir online, clique aqui

Então gente, é isso aí. Já faz tempo que criei esse post e estava esperando uma brecha para postar, espero que vocês gostem dessas dicas aqui e compartilhem comigo opiniões sobre os que já assistiram ou ficaram com vontade de assistir :D E já que o fim de semana está chegando, sempre bom ter algum filme pra assistir, né? :p Aceito sugestões também, haha

Meu Look: Vestido de Poás e Casaco Azul


Esperei ansiosamente por todo o tempo que esse casaco azul ficou preso na alfândega aqui do Brasil e finalmente eis que essa semana ele chegou aqui em casa <3 Ele é da She Inside e eu gostei muito do modelo e da cor quando vi no site. Inclusive esse tom de azul (royal) é minha cor preferida e os detalhes que imitam couro deixaram o casaco ainda mais interessante. 

Combinei com meu vestido de poás que fazia tempo que eu não usava e botinhas de cano curto. Gosto dessa ideia de jogar um casaco mais reto em cima de um vestidinho super acinturado e feminino, deixa o look mais equilibrado, menos montado e mais a minha cara. Espero que vocês gostem! :D





Casaco: She Inside (em promoção!) | Vestido e Bota: Mart Of China | Óculos: Romwe

Deem hype no lookbook!


O batom roxinho é o Vamp da Avon :D Gosto tanto dessa combinação de vestido estampado com meia-calça e casaco quentinho mas só agora estou usando mais. O meu casaco é tamanho M e serviu direitinho. Não deixem de comentar aí embaixo sobre o que acharam ^^