Um Papo sobre Moda e Regras


Esses dias estava dando uma olhada nos primeiros posts do blog. Assim como quem não quer nada, só pelo gostinho da nostalgia de relembrar o começo disso tudo. Não faz muito tempo, foi no finzinho de fevereiro, começo de março. Notei que antigamente, nos posts sobre moda, particularmente sobre tendências ou formas de usar determinadas peças, eu ditava muitas regras. Regras do tipo "se você tem quadril largo não use a peça X ou Y". Achei isso um saco. Me achei um saco. Fiquei pensando que quem leu esse tipo de coisa também me chamou um saco (e se não achou, deveria). Lutamos tanto por liberdade e quando a temos impomos regras absurdas e cruéis. A vida é só uma (pelo menos eu creio que seja) e é aqui e agora. Tenho quadril largo, coxas grossas, e daí, vou fazer o que? Esperar pela próxima encarnação pra poder usar a roupa que eu quero porque não é "apropriada" para o meu tipo físico? Vestir só saia evasê e calça flare porque disfarça o quadril? Porque eu deveria querer disfarçar alguma coisa? Porque eu deveria querer me disfarçar?
Como esperar que as pessoas acreditem que moda é pra todos quando revistas de moda estampam em suas capas dietas líquidas que duram semanas? Será que esse tipo de sacrifício realmente vale a pena? Será que a magreza é mesmo o caminho para a felicidade, e sem ela é impossível ser feliz? Ou será que você tem segurança suficiente para falar por si próprio e dizer o que realmente importa e te faz feliz?


O corpo típico da brasileira é voluptuoso. Não se encaixa nos padrões asiáticos de muitas lojas gringas que amamos e desejamos muito. Fico bem chateada quando a medida do meu quadril equivale ao L (largue) de lá. É a nossa realidade, é assim que é e pronto. Não nasci com corpinho de modelo, não tenho 1.85 de altura nem peso 40kgs. Se aceitar é o primeiro passo para ficar bem consigo mesmo e ficar bonita. Sou a favor da total liberdade de sermos, dizermos e vestirmos (!) o que queremos. A vida já tem complicações demais para usar roupa chata. Já temos regras reais o suficiente para criarmos regras imaginárias bobas e limitantes. Estou cansada de tanto machismo disfarçado de moda para determinar quantos centímetros minha saia deve ter para que eu seja uma "boa moça".


Não criei esse blog pra ditar regras pros outros. Criei esse blog pra ser um espaço pessoal onde eu possa compartilhar o que eu gosto, o que eu penso e entendo sobre moda, como forma de expressão mesmo. Afinal, roupas são só roupas e no fim das contas, nem o guarda-roupa mais lindo do mundo traz felicidade plena. Ter valores, ter opinião própria e ter estilo pessoal são coisas muito mais importantes do que andar grifada por aí. Mesmo que te digam o contrário. Não me interessa se a blogueira X disse que sandália de salto agulha com 20cm de salto é item "tem que ter" no armário. Como eu vou pegar metrô lotado com isso? De que forma isso poderia se encaixar na minha vida e na minha realidade?
Deem valor pra moda. Mas deem mais valor ainda pra opinião de vocês e não se deixem levar por tudo o que nos é enfiado goela a baixo. Um moldura bonita não salva um quadro feio, da mesma forma que usar as roupas mais lindas e caras do mundo não disfarçam nem modificam uma cabeça vazia.

24 comentários:

  1. Uau! Adorei o post! Super concordo com você! Não tenho nem o que dizer, kk só concordo. Sério, amei! <3
    beijos,

    www.soentreamigas15.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa ! Ameeei tudo o que disse ,você tem toda razão, roupas são só roupas, temos que usar o que gostamos e sem medo de que vai ficar ''feio'' em você por não ter um corpo perfeito de modelo, mas se você é FELIZ o resto é resto né ??
    Lembro uns dias atrás você comentou no meu blog sobre uma postagem de um modelo de saia Trumpet Skirt e disse : ''Tenho medo de ficar feio no meu quadril que não é muito pequeno '' .. haha' ..XÔ REGRAS !
    Mas tem uma coisa que eu não concordo com você rsrs (acredito que a vida não é uma só) mas isso não é preciso falar né ? Não é sobre o assunto principal rs'
    Vim te agradecer muitooo por seguir meu blog, muitooo obrigada mesmo linda , fiquei super Feliz em ver que você seguiu meu blog rsrs ♥ Vou vim aqui todos os dias , já AMO seu blog aqui rs ;)
    Beijoos Bruh ♥

    http://garotaantenadabr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei demais o papo. Acho que as regras não podem limitar seu estilo.

    www.cindereladementira.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei, flor!! Eu não ligo pra essas coisas de regras, pode isso não pode aquilo não! Se eu olho no espelho e me sinto bem, é assim que eu vou e ponto!! Não importa o que vão dizer! Claro que sempre usando o bom senso né? Hahaha

    Beijãooo, lindona!!

    www.BORBOLETAGLAM.com

    ResponderExcluir
  5. PERFEITO! Eu sempre acho isso! O que realmente importa é você se vestir de uma forma que se sinta bem!
    Beijo no bolso!
    Tô Barata, mas tô na moda! | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
  6. Só eu que acho que esse post devia ser publicado em todos os blogs de "moda"? Sério, faço de suas palavras as minhas.
    Todos dizem que moda é liberdade de expressão, forma de expressar o comportamento, humor e etc. Mas na minha opinião é IMPOSSÍVEL fazer isso se tudo que você aparenta ser é uma cópia do que a mídia quer que você seja. Diga não aos padrões, diga não as regras e diga não as "modices"! O que importa é se sentir bem e bonita, independentemente da roupa que você está usando. Isso não tem etiqueta que pague! ;)

    ledonuthy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. gostei! :)

    cabecanasnuvensz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu concordo em partes, e em partes discordo, acho que a gente não tem que ligar muito pras regras, mas também acho que as vezes elas nos ajudam, porque normalmente o que quem tem quadril largo e pouco busto quer é deixar mais proporcional, e quem tem pouca cintura normalmente quer criar um pouco mais, é natural, não vejo nada de errado em avisar que tem bastante quadril e quer disfarçar e deixar o corpo mais proporcional deve usar tal peça, muitas vezes fica mesmo mais bonito e não é uma regra, é só uma dica : ) bjs atravesdosespelhos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Uall!! adorei teu post, garota. É isso aee,
    nada de regras, é como sempre digo lá no meu blog e por onde vou:
    — O importante é se sentir bem. :D
    Bjuu
    http://apartirdos23.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Muito, muito bom esse post.
    É exatamente isso, acho que temos que nos sentir seguras e felizes com nós mesmas e whatever o que é regra ou não né?
    Muito legal sua visão e não se preocupe, às vezes a gente pode mudar de opinião sim e como você mesma refletiu sobre algo que fez e viu que não gostou eu achei bem bacana da sua parte.
    bjs
    http://letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nunca curti roupa muito curta, mas sempre ousei no meu vestir sem ser vulgar. Acredito que cada um tem que se vestir do jeito que se sente bem. Sempre fui perseguida por não seguir o padrão da moda, eu sou assim e sempre serei,mas isso me frusta pq vejo q incomoda a sociedade.

    ResponderExcluir
  12. Cada dia que passa amo mais ainda seu blog, menina!
    Adorei o texto, realmente o mundo já um saco pra termos regras pra roupas também, né? Adorei de coração!
    Beijão.

    mabeato.blogspot.com ♥

    ResponderExcluir
  13. Adorei o post Bru, e você tem toda razão. Acho que todo mundo deveria vestir o que tivesse vontade, sem se importar com os demais, se você gostou, quem mais é que precisa gostar né? O ideal mesmo é a gente se sentir bem, e só fazer coisas que estivemos afim de fazer por vontade propria, e não pra se encaixar em um padrão. O mundo é bonito porque todos somos diferentes, se todo mundo fosse magrelo e sem sal, o mundo seria uma chatice né? eoeoioeo bjs.

    http://leitecombiscotos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Isso ai! Nada a ver achar que temos que seguir um padrão.. se é magra? beleza É baixinha? beleza! É cheia de curvas? Beleza! Tem espaço para todas as diferenças.. A beleza está nas diferenças, em se aceitar, se sentir bem sendo você!
    Beijo beijo

    http://jeumagalhaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Adorei o post, acho que temos que vestir o que nos sentimos bem, não importa o que os outros falem ou pensem né.
    adorei seu blog é muito lindo e já estou seguindo
    beijos e tudo de bom flor.
    Facebook: Teorema de Mary
    Blog: Teorema de Mary

    ResponderExcluir
  16. As vezes até que bate aquele autistima baixa por conta disso :( mas oque importa? a gente tem que se vestir de acordo com que a gente goste e fique bem sem ligar pra opinião do que os outros vao pensar e falar! Adorei sua opinião e é isso ai haha.
    Bjs otimo feriado! http://derepente15uiinze.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Nossa, você revela coisas inovadoras! Isso é bem contraditório, pois a mídia impõe tudo, e essa sua postagem foi tão boa! Não precisamos ser delimitadas por ninguém, além de nós mesmo! Parabéns, abraços.

    http://modadebolinho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Adorei o post, a única regra de moda para mim é a gente usar aquilo que a gente se sinta bem sempre favorecendo nossos pontos fortes ;)
    Depois vai la no blog, tem post da nova linha de maquiagens da Mac by Rihanna que está divina!!:
    http://usomakeup.blogspot.com.br/2013/11/riri-heart-mac-by-rihanna.html

    Beijos e otimo final de semana!

    ResponderExcluir
  19. Acho que temos que vestir o que nos deixa bem! Claro que algumas dicas de moda são sempre bem vindas, mas não o tempo todo! Elas são boas para aqueles dias que eu quero me sentir diferente e mais bonita, mas no dia-a-dia não da pra seguir essas regras! É calça jeans, blusinha básica, all star e olhe lá!
    Eu sou magra, e quer saber? Isso não tem nada de tão bom como a mídia diz que tem! Hoje em dia eu aceito meu corpo melhor, mas já sofri muito por ser a "magrela" da turma, e confesso que queria ter o corpo típico da brasileira. É incrível como sempre vão apontar um defeito em você: é muito magra, é muito gorda, é muito baixa, é muito alta... O importante é a gente dar valor pra nós mesmas, e não só pra aparência, mas pro caráter!
    Moda pra mim não é só usar o que é tendência ou aquela bolsa caríssima que todas as estilosas tem, vai muito mais além!
    Adorei o post, Bru! Seu texto ficou incríveeeeel, e eu super concordo com você!

    Beijão sz http://capricha-no-look.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu visto o que eu gosto e o que me sinto bem. To nem aí se to fora dos padrões da mídia, nem aí mesmo.
    Se hoje to "chique", me arrumo bem. Se hoje quero ficar confortável de short jeans e camiseta, o que eles tem a ver com isso? Se hoje quero pôr uma saia longa, uma calça social, um macacão, problema é meu. hahah :P
    Beijos Bru, texto ótimo.

    blog-bonecadeluxo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. É isso mesmo. A minha mãe sempre diz que a moda é a gente quem faz! Tipo, eu gosto de seguir tendências quando me agrada, mas muitas vezes sou julgado pelo meu estilo, por gostar de usar looks mais elaborados, que são o oposto do que as pessoas costumam usar na minha cidade, principalmente os meninos. Mas eu sou apaixonado por coletes, cardigãs e cachecol, e não é a opinião dos outros que vai mudar o meu estilo pessoal, a minha forma de expressar quem eu sou para o mundo!

    http://viajandocomluiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Adorei o blog, o jeito de se vestir é fantástico!

    ResponderExcluir
  23. Adorei esse post! Por mais que seja meio ruim ditar regras, eu sempre acabo ditando regras para mim mesma... Mas assim, só pra eu me sentir bem comigo mesma sabe? Quando uma pessoa tem o corpo parecido com o meu e usa coisas que eu não usaria em mim é claro que eu vou estranhar um pouco, mas cada um tem um gosto né? E eu também era bem chateada com minhas coxas e tudo mais, agora estou acostumando! KKKKKK Enfim, eu também gosto de criar o meu próprio estilo e muita gente acha "estranho". Mas o que é "estranho" afinal? Nasss, já comecei a filosofar aqui. Chega.

    Beijinhos! Mel J
    http://www.meltopya.com/

    ResponderExcluir
  24. Esse texto é muito bom, deu vontade de colocá-lo em uma imagem com fundo claro e sair postando ela por aí, com os devidos créditos, é claro! Eu também tenho o quadril largo e coxas grossas e tenho a maior dificuldade em achar calças que caibam no quadril e seja do jeito que eu gosto, tanto que sempre tenho que ajustar as barras, hehe. Mas eu gosto de ser assim e não me acho feia nem nada. Acho até melhor ser assim do que ser igual as menininhas dos clipes asiáticos.

    Eu te convido a participar da campanha de Natal: Faça um blogueiro feliz do blog Apenas Ana: http://www.apenasana.com/2013/12/campanha-de-natal-faca-uma-blogueiroa.html

    http://my-little-candy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

♥ Não comente se não tiver lido a postagem, spams são desrespeitosos e serão imediatamente excluídos ♥
♥ Você tem um blog? Deixe seu link ao final do comentário, vou adorar conhecê-lo ♥
♥ Sua opinião é muito importante e eu sempre quero lê-la, aqui você pode discordar sempre que quiser - mas mantenha o respeito ♥
♥ Os comentários sempre são respondidos, mesmo que demore alguns dias. O blogger não avisa quando alguém responde seu comentário, para receber a resposta é necessário marcar a caixa "notifique-me" quando for escrevê-lo ♥

Fanpage | Instagram | LookBook.nu

Tem alguma dúvida ou sugestão?
Você pode entrar em contato comigo pelo e-mail chanelfakeblog@outlook.com