Resenha: Uma Criatura Dócil, de Dostoiévski


Todos que gostam de ler tem seus escritores preferidos, e não nego nesse humilde bloguinho que Dostoiévski figura entre meus mais queridos. Seus livros pra mim são como um refúgio, obras onde eu sei que vou encontrar elementos que me agradam. Mas Uma Criatura Dócil me pegou desprevenida, me emocionou e me agradou tanto que eu parecia estar descobrindo algo novo, e não lendo um livro de um autor que já li inúmeros outros e conheço "de cor e salteado" os elementos do estilo. Uma Criatura Dócil é para todos: os que amam os clássicos, os que não entendem o que vemos de tão bom nessa 'velharia', para os que tem intimidade com esse autor russo e para os que nunca sequer ouviram falar em seu nome - é para todos. Uma leitura extremamente agradável e prazerosa, repleta de emoções diversas. 

O livro inicia com o próprio autor fazendo alguns comentários a respeito de seu texto: Dostoiévski o classifica como "fantástico", embora tenha um fundo realista. Essa parte é muito interessante porque há a sensação do escritor estar falando diretamente com nós, leitores. 

A partir daí inicia-se Uma Criatura Dócil, a novela de pouco mais de 100 páginas escrita em cerca de trinta dias. No livro acompanhamos a história de um casal recém casado: ele, o dono de uma loja de penhores, com 40 anos de idade; ela, órfã, sem ao menos ter completado 16. O livro todo é narrado em primeira pessoa por ele.


No primeiro capítulo, a sentença: a menina cometera suicídio. E a partir deste fato a narrativa é construída, com o marido contando os acontecimentos que antecederam a morte da esposa e tentando entender seus motivos. Essa narrativa é revestida de muita emoção e demonstra um forte abalo psicológico por parte do narrador. A angústia, a tristeza e a culpa são sentimentos fortemente evocados pela história. Em poucas páginas Dostoiévski consegue criar dois personagens extremamente complexos e verossímeis, com histórias banais mas particularidades que captam a atenção do leitor. Algo muito presente em suas obras e que também aparece nesta aqui são os fortes conflitos psicológicos dos personagens, a ênfase nos conflitos de ordem interna acompanhando os de ordem externa. 

Uma Criatura Dócil me sensibilizou ao extremo, em especial os últimos capítulos, que me tocaram muito. A leitura flui num ritmo excelente, os capítulos curtos são ótimos e não dá vontade de parar de ler. Além disso, a história pode ser pensada sob vários ângulos, e um dos que mais ficou martelando minha mente no decorrer da leitura foi a relação de poder que se estabeleceu por conta da enorme diferença de idade. No fim das contas, a história da menina de quinze anos, tão desprezada que nem nome tinha, é uma história de tristeza, humilhação e jogos de poder. Sendo órfã, não conseguindo emprego e vivendo uma relação conturbada com as tias que a criavam, ela enxerga o casamento como uma única possibilidade de escape. A maior tristeza de todas é compreender que Uma Criatura Dócil é a história de uma menina que preferiu a morte à submeter-se.

Me vi presa a essa trama, com diversos sentimentos sendo evocados a medida que a história vai sendo concluída. Uma Criatura Dócil é uma obra que certamente mexe com a nossa emoção. Uma história curta, porém marcante, difícil de tirar da cabeça depois que acaba - e eu acabei assim, aos prantos e ainda mais fascinada pelo universo de Dostoiévski. Recomendo à todos que gostam de um bom livro :)

Filmes Assistidos Recentemente


Oi gente! Hoje trouxe mais cinco filminhos para indicar pra vocês. As tramas são bem diferentes entre si, tem filmes de várias épocas e gêneros. Espero que vocês gostem tanto quanto eu ^^ 

1. Chinatown (1974)
(drama, mistério, thriller)


Jack Nicholson é o detetive Jake Gittes, sobrevivendo no clima ensolarado e de moral obscura, na Califórnia do período anterior à guerra. Contratado por uma bela socialite para investigar o caso extraconjugal de seu marido, Gittes é colhido num furacão de situações dúbias e tradições mortais, desvendando uma teia de escândalos políticos e pessoais, que se chocam em uma única e inesquecível noite em... Chinatown.


Chinatown é um clássico dos anos setenta, que tem um ótimo ritmo e uma trama que vai se desenrolando aos poucos, criando um clima de suspense e uma certa tensão que deixa o espectador aflito. Tem uma atuação inesquecível do Jack Nicholson e momentos impagáveis, assim como um ótimo final. Enfim, é um filmaço que merece ser visto. Para assistir online, clique aqui

2. A Loja da Esquina (1940)
(comédia, drama, romance)


Em Budapeste vive Alfred, o empregado de uma pequena loja de confecções, que se apaixona por Klara, uma garota com quem se corresponde sem nunca tê-la visto. Por coincidência Klara se emprega na loja em que Alfred trabalha e passa a hostilizá-lo, sem saber que ele é a pessoa com quem troca correspondências. Quando Alfred enfim descobre a verdade e está prestes a se revelar para Klara ele termina sendo demitido de seu emprego, por seu patrão acreditar que seja ele o amante de sua esposa.


Não sou nada fã de comédias (ou dramédias, nesse caso) românticas, mas essa me fisgou. Uma história inocente conduzida de forma incrível, com ótimas atuações (James Stewart mais uma vez arrasando como protagonista) e um romance bem clichê, daqueles em que o casal se odeia no início para depois se apaixonar, mas com pitadas de originalidade que deixam o filme maravilhoso. Enfim, quem gosta de romances e filmes leves e delicados precisa assistir esse aqui. Para assistir online, clique aqui.

3. Machuca (2004)
(drama)


Chile, 1973. Gonzalo Infante é um garoto que estuda no Colégio Saint Patrick, o mais conceituado de Santiago. Gonzalo é de uma família de classe alta, morando em um bairro na área nobre da cidade com seus pais e sua irmã. O padre McEnroe, o diretor do colégio, inspirado no governo de Salvador Allende decide implementar uma política que faça com que alunos pobres também estudem no Saint Patrick. Um deles é Pedro Machuca que, assim como os demais, fica deslocado em meio aos antigos alunos da escola. Provocado, Pedro é seguro por trás e um deles manda que Gonzalo o bata, que se recusa a fazer isto e ainda o ajuda a fugir. A partir de então nasce uma amizade entre os dois garotos, apesar do abismo de classe existente entre eles.


Machuca é um filme pesado e triste que traz como pano de fundo uma temática bastante cruel, mas é contado do ponto de vista das crianças - e isso funciona perfeitamente. É infelizmente muito atual, apesar da data dos fatos contados. A história é densa, o filme é emocionante, intenso, tocante e forte, muito forte, como um soco no estômago. Mais uma prova da grandiosidade do cinema latino. Para fazer o download clique aqui

4. Aconteceu Naquela Noite (1934)
(comédia, romance)


Peter Warren, um jornalista desempregado, encontra Ellie, a filha de um milionário que fugiu do iate de Alexander Andrews, seu pai, pois este não aprova quem ela escolheu como marido. Peter vê a oportunidade de obter uma boa matéria, mas vários fatos criam uma forte aproximação entre eles.


Duas comédias românticas no mesmo post, o que está acontecendo comigo??? hahaha Essa aqui foi outra que eu adorei, a história é super divertida e a personagem principal é bem a frente de seu tempo. É um filme que não envelheceu, mesmo sendo dos anos 30. A química entre o casal principal é incrível e basicamente essa se tornou uma das minhas comédias românticas favoritas de todos os tempos, quem gosta do gênero precisa assistir porquê é uma graça de filme mesmo, totalmente encantador. Para assistir online, clique aqui

5. Encaixotando Helena (1993)
(drama, mistério, romance, suspense)


Nick Cavanaugh, um famoso cirurgião, fica obcecado pela beleza de Helena, uma prostituta. Ela o rejeita, mas mesmo assim ele tenta convencê-la que um necessita do outro. No entanto ela tem outros planos, mas acaba sendo vítima de um terrível acidente que a deixa nas mãos do médico, que tem então uma macabra ideia para não mais perdê-la.


Esse filme não é uma unanimidade, e ele também não é perfeito, mas eu admito que gostei bastante de Encaixotando Helena. A obra é cheia de bizarrices e as usa para retratar o amor em sua faceta mais perigosa: a obsessão, o sentimento de posse e a paixão doentia. É um filme ousado e diferente, mas tem que embarcar na loucura para gostar. O final decepciona um pouco, mas nada que diminua o valor do desenvolvimento. Para assistir online, clique aqui.


E por hoje é só :) Ficaram com vontade de assistir algum? Me contem nos comentários :))

Recebidos: Dark Prophecy


Oi gente! Há algum tempo chegou aqui em casa um pacotinho superespecial da Dark Prophecy,  que tornou-se parceira aqui do blog (contei mais nesse post aqui). Nele vieram alguns acessórios lindos, que ainda aparecerão muito nos posts de ootd, mas quis fazer um post especial com todos eles e detalhes sobre as peças. 

A Dark Prophecy é uma loja online nacional especializada em acessórios místicos e alternativos. As peças combinam autenticidade, beleza e bom preço. Vale muito a pena dar uma passada no site e se encantar com a variedade de peças lindas <3 

Eu recebi cinco acessórios: duas gargantilhas, um par de brincos, um colar e um anel. Todos lindíssimos e fáceis de usar e combinar. 


Começando por um dos meus preferidos, o anel de pentagrama. Há tempos desejava um assim e fiquei feliz de recebê-lo <3 Ele é discreto mas é muito bonito, eu adoro a combinação de preto com prata e esse anel é ótimo para combinar com vários outros. 


Estou usando muito ele, quase todos os dias. O anel é regulável, dá pra comprar sem medo porquê vai caber no dedo! :) Custa R$9,90 no site, o link direto é esse aqui


Os brincos são inteiramente pretos, exceto alguns pequenos detalhes em prata, em formato de gotas, muito elegantes e fáceis de combinar. Ficam especialmente bonitos com os cabelos presos, ainda quero usá-los assim. 


Os detalhes da peça. Custa R$9,90 e o link direto no site é esse aqui.  


Essa gargantilha conseguiu ser fofinha e trevosa ao mesmo tempo, por isso amei hahaha Tem a combinação de lacinho preto com pingente de pentagrama


Aqui mais de perto. Uma graça, né? Também custa R$9,90 (está em promoção!) e o link dela é esse aqui


E esse colar de camafeu com morceguinho dentro gente? Não é a coisinha mais linda? Esse eu também tenho usado muito, porque ele é lindo demais e combina com qualquer roupa. 


Dá pra usar mais curtinho ou mais comprido como nessas fotos, o que é ótimo. Ele custa R$15 e o link direto no site é esse aqui


Merecia mais uma fotinho, né? :))


E por último essa gargantilha de veludo com spikes e detalhe de caveirinha no centro. A mais trevosinha, linda também, ótima para combinar com blusinhas pretas e básicas.


Eu adoro o toque do veludo e as peças feitas nesse material. Essa gargantilha custa R$15 no site (está em promoção) e o link dela é esse aqui


Além das peças lindas e de boa qualidade, outra coisa que me chamou a atenção na Dark Prophecy é o cuidado com os detalhes: a gente sabe que eles são importantes e é ótimo quando as lojas se preocupam com eles. Uma prova disso são os fechamentos das gargantilhas, com esse lindo detalhe de cadeado


O pacotinho também acompanha esse lindo marca páginas vermelho com morceguinhos (óbvio que adorei e já estou usando) e uma cartinha com dicas de cuidados com bijuterias. 

E pra deixar tudo mais legal, os leitores do Chanel Fake tem descontinho na loja: 10% com o cupom chanelfake - só digitá-lo na caixa de cupom de desconto, lá no carrinho de compras. Com esse desconto e os precinhos amigos da loja dá pra ser beeem feliz, né? :))


E vocês, o que acharam dos acessórios da Dark Prophecy? Também morreram de amores pela loja? Me contem tudo nos comentários <3

Filmes Assistidos Recentemente


Oi gente! O blog está meio paradinho porquê tive alguns problemas com a internet de casa, por isso estou demorando para responder comentários e atualizar as redes sociais :~ Mas espero em breve resolver isso. Enquanto isso, vim aqui indicar alguns filminhos super legais pra vocês, alguns disponíveis na Netflix. Espero que gostem! ^^ 

1. Toda Forma de Amor (2010)
(comédia, drama, romance)


Oliver conhece a irreverente e imprevisível Anna apenas meses após seu pai Hal falecer. Esse novo amor inunda Oliver com memórias de seu pai, que - após 44 anos de casamento - saiu do armário aos 75 anos para viver uma vida plena, energizada, tumultuada e maravilhosamente gay. As consequências da honestidade nova de Hal, as vezes engraçada e comovente, trouxe pai e filho mais próximos do que nunca. Oliver agora se esforça para amar Anna com toda a bravura, humor, e esperança que seu pai lhe ensinou.


Essa obra é uma doçura em forma de filme. Extremamente sensível, com uma história bonita, triste e cativante. É um filme sobre amor nas mais diversas formas, mas também sobre perda, e o saber lidar com a perda. Tem um tom otimista mas é também bastante melancólico, com uma fotografia linda, ótimas atuações e diálogos. Para assistir online, clique aqui.

2. Quanto Mais Quente Melhor (1959)
(comédia, romance)


Chicago, 1929. Joe e Jerry são músicos desempregados, que estão desesperados por trabalho. Eles acidentalmente testemunham o Massacre do Dia de São Valentim, assistindo o criminoso Spats Colombo e seu cúmplice aniquilarem Toothpick Charlie e sua gangue. Forçados a apressadamente deixarem a cidade, Joe e Jerry pegam o primeiro trabalho que podem arrumar: tocar na banda de garotas da Sweet Sue e suas Sincopadoras. Em trajes femininos, os dois se juntam ao resto da banda em um trem que vai para Miami, Flórida. Diante desta situação, Joe adota o nome de Josephine e Jerry torna-se Daphne. De repente eles vêem Sugar Kane, a vocalista da banda de Sweet Sue. Jerry se apaixona na hora, mas Joe o lembra que ele não pode se fazer notar. Porém, após chegarem a Miami, um milionário se apaixona por Daphne e Joe resolve se fazer passar por um milionário para tentar conquistar Sugar, tudo isto em meio à uma reunião dos Amigos da Ópera Italiana, uma convenção de criminosos que traz à cidade Spats Colombo e sua gangue.


Confesso que assisti esse filme só por causa da Marilyn Monroe (que está deslumbrante e dá um show) porquê não tinha expectativa nenhuma e não sou fã de comédias românticas - mas o filme mostrou porque é um clássico e me surpreendeu positivamente. A trama é super interessante e envolvente, diversas coisas acontecem em paralelo, não é nada monótono. A comédia flui bem e o par romântico convence. Ótimo para aqueles momentos em que só queremos um filme leve e divertido. Para assistir online, clique aqui.

3. Bem-vindo a Marly-Gomont (2016)
(comédia)


Em 1975, Seyolo Zantoko, médico recém-graduado de Kinshasa (Congo), aproveita a oportunidade e vai trabalhar em uma pequena aldeia francesa. Ao chegarem em Marly-Gomont, Seyolo e sua família ficam desiludidos. As pessoas têm medo, pois nunca viram negros em suas vidas. Mas Seyolo é determinado a vencer suas apostas e vai se esforçar para ganhar a confiança dos moradores.



Me deparei com esse filminho simpático enquanto vasculhava o catálogo da Netflix, achei a sinopse bacana e fui assistir. A obra é ótima, divertida, leve, emocionante, e apesar de ser classificada apenas como comédia, tem um tom dramático que a deixa muito mais interessante. É uma obra que aborda o racismo mas vai bem além disso, tem personagens cativantes, uma história bonita e uma ótima mensagem, além de uma fotografia charmosinha. Para assistir online, clique aqui. *Disponível na Netflix. 

4. O Mensageiro do Diabo (1955)
(film-noir, policial, suspense)


Baseado em romance de Davis Grubb, conta a história de um assassino de viúvas ricas que, ao sair da prisão, persegue uma família para encontrar o dinheiro que o pai, que conhecera na cadeia, havia guardado em lugar não revelado.


Estou vivendo uma fase de amor com o cinema noir e O Mensageiro do Diabo foi mais um ótimo filme que assisti dentro dessa categoria. A história é interessante, original na medida do possível e o tom de suspense da obra é dado pelo vilão, um personagem muito bem construído. As atuações são ótimas e a fotografia é lindíssima, e o filme ainda tem um final espetacular. Para fazer o download clique aqui. *Disponível na Netflix. 

5. The Plague Dogs (1982)
(animação, aventura, drama)


Dois cachorros, Rowf e Snitter, fogem de um laboratório que realizava cruéis experimentos em animais, e são obrigados a sobreviver como selvagens. Recebem a ajuda de uma raposa para caçar, entretanto, quando as ovelhas de uma fazenda local começam a desaparecer, acabam chamando a atenção e são caçados.


Esse foi um filme bem difícil de encontrar para baixar, e mesmo tendo procurado por ele há bastante tempo, conseguiu superar minhas expectativas. É uma animação extremamente triste sobre testes em animais contada da perspectiva dos próprios bichos utilizados nos testes. É um filme angustiante, pesado, com cenas e diálogos difíceis de serem esquecidos. Certamente não é uma animação para crianças. The Plague Dogs provoca uma reflexão intensa sobre testes com animais e crueldade em geral (não apenas com cães, mas com todos os animais sencientes). Difícil não se emocionar assistindo. Para fazer o download clique aqui


E por hoje é só :) Espero que vocês tenham gostado, me contem se já assistiram algum <3

OOTD: Saia Midi Plissada e Metalizada


Oi gente! Semana passada chegou aqui em casa essa saia da She In que eu estava ansiosa pra receber - ainda bem que demorou só trinta dias (e não foi taxada!). Adoro peças metalizadas e estou curtindo muito essa onda de saias midi metalizadas, ainda mais em prateado, que acho bem ~futurista e adoro. 

Como a saia já é bem chamativa por si só, basta combinar com peças básicas e tá pronta a produção. Eu particularmente adoro a combinação de preto e prata, por isso escolhi uma blusinha e acessórios dessa cor. Nos pés, sapatilha vermelha pra não ficar tudo tão óbvio. 

Apesar de estar um calorão por aqui, já imaginei essa saia com botinha, meia-calça e jaqueta de couro - acho que vai ficar muito legal e espero usar assim no inverno. 











Saia: She In | Blusa: Reversa | Sapatilha: Moleca
O anel de pentagrama é da Dark Prophecy, estou completamente apaixonada por ele, queria um assim há tempos! E os leitores do blog ganham 10% de desconto na loja, com o cupom chanelfake. O anel de ametista é da Eliz Store e o colar lindão é da Ravenous. Só lojas nacionais que arrasam nos acessórios alternativos <3

O batom é o Vamp da Avon (resenhado aqui). A cobertura dele é bem ruinzinha, mas a cor é linda demais. 

Espero que vocês tenham gostado do look de hoje! O que acharam dessa saia? Usariam? Me contem aí nos comentários <3