OOTD: Black is always black


Ei gente! O outfit de hoje é um que simplesmente adorei - todo mundo tem aquela combinação de peças que acha a sua cara, que se sente super bem vestindo, e bom, essa é uma das minhas rs. A saia de camurça com detalhe de amarração na frente é da She In e não tiro do corpo desde que chegou - combinada com essa camiseta da Reversa então, forma uma das minhas combinações preferidas.

Não costumo escolher peças de tamanho único em sites gringos, porquê mesmo quando as medidas batem é difícil de imaginar o caimento da peça, se vai servir certinho e etc. Então geralmente nem arrisco, mas achei que por essa aqui valia o "risco". E bá, não me arrependi. Vestiu muito bem, e pelo tecido ser mais encorpado é do tipo de saia que podemos usar sem medo nos dias de vento, porquê ela não voa hahaha E também não esquenta, eu não aguentaria vestir roupa quente nesse calorão que está fazendo :p 

E pra quem não abre mão do preto total mesmo no calor, fica a dica de peças curtas com tecidos respiráveis e cortes não tão justos no corpo - não consigo nem imaginar vestir um short jeans apertado nesse calor, mas saia ou vestido é sempre uma ótima opção. Nos pés, botinha de cano curto com spikes porquê eu não uso calçado aberto, mas ficaria legal até com uma sapatilha. Eu sou dessas que detesta o verão e o calor, mas não acho que é preciso abrir mão do que a gente gosta de vestir por causa da estação do ano - pra tudo se dá um jeito, e afinal de contas, preto é sempre preto, não há substituto a altura :D 





Saia: She In | Camiseta: Reversa  

Peço perdão pelas poucas fotos nesse post, fotografei esse outfit pouco antes de vir para a praia e não consegui achar um local bacana para as fotos, por isso poucas se salvaram rs. 

A coleirinha é do Aliexpress, o esmalte é o La Boheme da Risqué e o batom azul que usei para destacar um pouco de cor em meio ao preto é o da Hator (resenha aqui). 

Olhando essas fotos bateu até uma saudade das minhas unhas enormes como nas fotos, mas as cortei na praia e agora estão bem menores c: 

Essa botinha com spikes comprei numa loja online que não existe mais, por isso não coloquei o link. Mas no Aliexpress dá pra achar algumas bem parecidas, para quem tiver interesse ^^ 

Bom, espero que vocês tenham gostado do post, me contem o que acharam do ootd nos comentários! :D 

Playlist da Semana


Oi gente! Como avisei lá na fanpage, ainda estou viajando (estou em SC!) mas não resisti e tive que publicar aqui no blog - mas um post mais rápido, de playlist, só para atualizar o blog com algumas músicas que estou ouvindo muito ultimamente. Sobre as músicas dessa vez: tem Lord of the Lost e Calle 13 que também apareceram no último post da tag, porquê realmente estou viciada hahaha mas claro que trouxe músicas diferentes deles, né. Apesar de adorar muitas bandas atuais, também curto muito algumas músicas antigas - o rock dos anos cinquenta, por exemplo, é algo que sempre estou ouvindo e quando se fala de rock "antigo" geralmente é de décadas após os anos cinquenta que lembramos e assim músicas excelentes que marcaram história vão sendo esquecidas - bons exemplos disso são o Little Richard, dono de uma das vozes mais incríveis que já ouvi, e a Connie Francis com a icônica música Stupid Cupid (eu amo essa música!!!). De novidade na minha playlist as bandas Aeverium e Erdling, a primeira é do tipo de banda de metal que eu geralmente passo, com a proposta de vocal feminino e masculino, mesclando a "delicadeza" de um vocal feminino com a "agressividade" de um vocal masculino - uma proposta clichê e um pouco problemática ao meu ver, e sinceramente a maior parte dessas bandas me soa como sendo sempre a mesma - mas na segunda vez que ouvi Break Out fui conquistada e não consegui parar de ouvir rs. A Erdling é mais uma banda de metal industrial alemão na playlist de alguém que ama metal industrial (um dos meus gêneros musicais favoritos) e bandas alemãs. Esse música é do primeiro (e único, até agora) disco da banda e eu curti bastante, vale a pena escutar. Bom,chega de papo e vamos as músicas, espero que vocês gostem do som de hoje :D 





E é isso, essas são as sete músicas escolhidas para hoje. Gostaram? Já conheciam alguma? Me contem nos comentários ^^

OOTD: Yin Yang


Oi gente! :D Esse cropped do outfit de hoje veio no mesmo pacote do corselet que mostrei na semana passada - ambos da Dress Lily - e o pacote não foi taxado. Assim como o corselet, gostei bastante dessa blusinha, que por ser mais casual, provavelmente usarei bem mais rs. O tecido dela é beeem fininho e não esquenta nada, por isso aproveitei para usar no calorão infernal que fez por aqui no fim de semana. A estampa é linda, o acabamento da peça deixa a desejar, mas pelo preço não dava para esperar nada diferente. 

No calorão eu suo só de pensar em usar short - ainda mais se for jeans - por isso as saias tem sido minhas escolhas quase sempre. Gosto muito dessa combinação de bordô com preto e branco. E pra completar a roupa, creeper com spikes. Sei que muita gente não gosta nem de pensar em calçados fechados no verão, mas eu odeio sapatos abertos, quase todos me machucam os pés e não acho confortável para caminhar, por isso raramente uso. E não sinto calor de creeper, sinceramente huhahua 








Cropped: Dress Lily | Saia: Oasáp | Creeper: Lovely Shoes


Bacana a blusa ter a estampa atrás também, né? Eu não havia visto isso no site e foi uma grata surpresa quando chegou aqui em casa. 

A gargantilha de alien na verdade é um pingente que comprei no Aliexpress (mostrei aqui) mas como gosto assim, mais curtinho, comprei elástico em loja de armarinho e troquei. 

O batom é o Amora Matte da Avon (resenha aqui) e o esmalte o La Boheme da Risqué :)

Gostaram do outfit de hoje? Me contem nos comentários ^^ 

Receita: Strogonoff de Palmito com Champignon | Vegetariano


Oi gente! Desde que me tornei vegetariana uma comida que sentia falta e buscava adaptações era o Strogonoff. Era uma das minhas comidas preferidas e é super simples de fazer, então fui atrás de substitutos para o creme de leite de vaca e a carne da receita tradicional. Cheguei nessa aqui que é só amor, por não ser igual, claro, nunca é, mas que surpreendeu meu paladar positivamente e é fácil e rápida de fazer. Vou falar sobre os ingredientes que utilizei e o modo que preparei o meu, mas tudo é adaptável - há quem faça com proteína de soja ao invés do champignon e do palmito, e até berinjela. 

Pra começar, busquei um substituto para o creme de leite de vaca, sou ovolacto-vegetariana (não como carne, ovos ou leite em espécie, mas ainda como alguns derivados de leite) mas sempre que posso procuro fazer minhas refeições sem nada de origem animal, e esta aqui é vegetariana estrita. Pedi dicas de substitutos no grupo Veganismo Popular do facebook, que inclusive recomendo muito porque tem ótimas dicas de receitas fáceis, rápidas, baratas e sem nada de origem animal. Muita gente me respondeu e acabei seguindo a dica que julguei mais fácil, a do leite de aveia. 

A coisa é tão ridícula de fácil que nem precisava explicar, mas enfim hahahaha 

Para fazer o leite de aveia, vocês vão precisar de 

- 1 xícara de aveia em flocos 
- 2 xícaras de água mineral
- Sal ou Açúcar (dependendo da receita, como essa era salgada coloquei duas colheres de chá de sal)

É só colocar os três ingredientes no liquidificador, sem bater, e deixar lá "descansando" por pelo menos trinta minutos. Depois é só bater, coar e tá pronto. Reservei e comecei a preparar a receita. 

Ingredientes: 

- Cebola picada
- Tomate picado
- Molho de tomate
- Milho
- Champignon
- Palmito
- Água


Numa panela com um pouco de azeite, fritei a cebola e depois o tomate e o milho. Depois acrescentei o molho, a água, o palmito e o champignon. Temperei com sal. Vai ficar um molho de tomate normal, assim que pronto, adicionei o leite de aveia anteriormente reservado. E pronto :)

Esse leite de aveia quando cozido engrossa e fica um creme parecido com a textura do creme de leite tradicional. Algumas pessoas adicionam maizena para engrossá-lo, mas honestamente não é nenhum pouco necessário. Meu strogonoff ficou bem grossinho, cremoso e delicioso ;) 


E pra acompanhá-lo, claro, arroz e batata palha - não pode faltar, né? A receita é bem rápida e fácil de fazer e garanto que fica muito gostosa, mesmo para quem não é vegetariano. 

Gostaram? Pretendem fazer? Me contem nos comentários ^^

Filmes Assistidos Recentemente


Oi gente! Essa semana eu não assisti muita coisa de filme, uma pena, porque quero assistir alguns que vão concorrer ao Oscar, mas tenho muitos filmes acumulados para indicar aqui ainda rs. Acho que é a primeira vez desde o início dessa tag que acumulo tantos filmes, aliás hahaha Os de hoje são bem diferentes entre si, os dois primeiros uma unanimidade de opiniões positivas e o terceiro nem tanto, mas eu gostei rs. 

1. A Vida é Bela
(drama, comédia, romance)


Na Itália dos anos 40, Guido é levado para um campo de concentração nazista e tem que usar sua imaginação para fazer seu pequeno filho acreditar que estão participando de uma grande brincadeira, com o intuito de protegê-lo do terror e da violência que os cercam.


Eu já conhecia esse filme há bastante tempo, sempre ouvi falar muito bem dele, inclusive é um filme de nota bem alta no filmow (4.5/5) e finalmente assisti - e realmente ele é tudo o que dizem mesmo. A história é muito bonita e emocionante, e contada de forma inimaginável. Incrível com o humor consegue se misturar ao drama, mesmo tendo como cenário um campo de concentração nazista. As atuações são muito boas. O filme é dividido em duas partes, o que o torna um pouco longo demais e por isso cansativo, mas vale a pena, o filme é ótimo, sensível e emocionante. Para assistir online, clique aqui. Disponível no Netflix

2. Tese Sobre um Homicídio
(policial, suspense)


Roberto Bermudez, um especialista em direito criminal, alterou sua vida quando ele se convence de que Gonzalo, um de seus melhores alunos, foi o autor de um assassinato brutal na frente da Faculdade de Direito. Determinado a descobrir a verdade sobre o crime, toma uma investigação pessoal, que em breve se tornar uma obsessão pra descobrir a verdade.


Esse é um filme argentino com o grande Ricardo Darín, um ator incrível que protagoniza outros dois filmes que gosto muito - O Segredo dos teus Olhos e Um Conto Chinês (além da participação em Relatos Selvagens - todos excelentes filmes) Pelo enredo policial semelhante ao primeiro e pela atuação do Darín, não precisei de mais nada para querer assistir esse aqui. O filme é muito bom, é daquele tipo de obra que dá um nó na cabeça - afinal de contas, o filme trata de teses, esperar uma conclusão fechada sobre a trama é a forma mais fácil de se frustrar com o filme. Não é melhor que os dois outros anteriormente citados, mas é um filme bom, que prende o telespectador desde o início. Para assistir online, clique aqui. Disponível no Netflix

3. A Teacher
(drama)


Diana, uma professora do ensino médio, percebe que um de seus alunos, Eric, está flertando com ela. A primeira estratégia é ignorá-lo, mas aos poucos Diana começa a se sentir atraída por Eric. Ela cede à tentação e sai com o garoto, diversas vezes, dando início a uma relação secreta. Enquanto tenta esconder o caso em seu local de trabalho, a professora pensa como terminar o relacionamento de uma vez por todas. Será que os outros já sabem? E se já tiverem provas? Diana torna-se paranóica, amedrontada e cada vez mais dependente desta nova paixão.


Eu conheci esse filme fuçando no catálogo do Netflix - na sessão de drama, minha preferida. Gostei da sinopse e procurei pelo título no filmow, e aí me espantei com a nota baixíssima - 2/5. Não tenho muita paciência para filmes ruins e geralmente concordo com as notas dos filmes, mas quis assistir mesmo assim. A trama é batidinha, não tem nada de muito original, é um filme de ritmo lento e arrastado, apesar de ser curtinho, mas ao meu ver cumpre sua função - a de retratar uma conturbada relação entre uma professora e um aluno. É superficial, sim, mas não é tão ruim quanto a nota sugere. Eu particularmente gosto de filmes simples com ritmo lento... mas sei que muitos não gostam, e talvez por isso a frustração das pessoas em relação à essa obra. Para assistir online, clique aqui. Disponível no Netflix. 


E essa semana é isso, gente :D Gostaram das indicações? Já viram algum desses filmes? Me contem aí nos comentários ^^